Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
22ºmin
TOCANTINS

Curso de Costura Criativa é alternativa de qualificação e renda para detentas

29 agosto 2019 - 08h50

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), através da Gerência de Reintegração Social, Trabalho e Renda do Preso e Egresso, está capacitando mulheres que cumprem pena no Sistema Penitenciário e Prisional do Tocantins (Sispen/TO) através de um Curso de Costura Criativa, vinculado ao Projeto Arte que Faz Crescer. A primeira turma contou com seis reeducandas da Unidade Prisional Feminina de Pedro Afonso que aprenderam as técnicas básicas nessa terça-feira, 27.

Com duração de quatro horas, o curso foi ofertado para duas turmas, cada uma composta por três reeducandas. A servidora Elizabeth Miranda Carvalho Souza foi responsável por ensinar a confecção, molde e finalização de guirlandas com bonecas, normalmente utilizadas em decorações de quartos infantis. Ela conta que o material produzido será comercializado em feiras da capital do estado, como prevê o projeto Arte que faz crescer.

 “A ação ainda será executada nas unidades prisionais femininas de Palmas, Babaçulândia e Talismã”, informou Elizabeth Miranda Carvalho Souza que realizou uma capacitação para ministrar o curso para as reeducandas. Além da aprendizagem, com a participação no curso as apenadas terão direito a remição de pena por estudo como está previsto na Lei de Execução Penal nº 12.433/2011, artigo 126.

A reeducanda J. S., 38 anos, foi uma das mulheres que participou do curso ofertado na unidade e destacou a oportunidade de aprender uma nova atividade.  “Além de obter conhecimento, consegui diminuir a minha pena e aprender algo diferente é sempre bom”, relatou.

Para o gerente de Reintegração Social, Trabalho e Renda do Preso e Egresso, Leandro Bezerra, a capacitação é um instrumento de reinserção social e combate a reincidência criminal. “A capacitação é de grande relevância para a função social da pena, que é garantir através da remição, trabalho e geração de renda, a harmônica integração social”, disse.

O gerente também explicou que essa é uma ação de continuidade do projeto Arte que Faz Crescer que auxilia na revenda dos artesanatos produzidos pelas mulheres privadas de liberdade, além de destacar o investimento da Seciju na capacitação dos servidores. “A execução desse curso, por exemplo, é o retorno que o servidor capacitado está oferecendo em benefício do público que atendemos”, finalizou Leandro Bezerra. 

AO VIVO