Menu
Busca domingo, 20 de outubro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
34ºmax
21ºmin

Rebelião no Maranhão termina com saldo de 18 mortos

10 novembro 2010 - 08h52
Após rebelião no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na capital do Maranhão, cerca de 20 presos foram transferidos para o presídio Federal de Campo Grande.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, foram trazidos para a Capital os presos mais perigosos e que causaram mais conflitos dentro da penitenciária.

Durante a rebelião, 18 presos foram mortos por companheiros de detenção. Os cinco agentes penitenciários que eram mantidos reféns foram liberados.

A rebelião começou por volta de 9h30 da última segunda-feira, 8, quando presos renderam um agente penitenciário e pegaram sua arma. Os presos reivindicam melhorias nas condições do complexo penitenciário como, por exemplo, no sistema de abastecimento de água e a substituição do diretor do presídio.

No presídio da Capital estão presos como Luiz Arcanjo e Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar.

AO VIVO