Menu
Busca domingo, 23 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
23ºmin
MEMÓRIAS

Como Boni Salvou a novela "O Astro" do Fracasso

12 julho 2011 - 16h22

O livro de memórias que está escrevendo, e que será lançado em outubro pela Leya, Boni vai contar um episódio que ficou esquecido diante do avassalador sucesso em que O Astro se transformou do meio para o fim da novela, em 1977.

Nos trinta capítulos iniciais, O Astro teve problemas no Ibope. Surpreendentemente, a Tupi começou ver a audiência da novela O Profeta – transmitida no mesmo horário de O Astro – subir muito além das médias habituais da emissora já quase falida. Especialmente em São Paulo e Belo Horizonte, os números da Tupi eram crescentes.

Boni conta que diagnsoticou qual era problema da novela. Avaliou que Daniel Filho, o diretor, carregara demais nas tintas e fizera um Herculano Quintanilha malvado. Transformou-o num personagem com algo de perverso, cruel. Boni, então, chamou Daniel para uma conversa e exigiu uma guinada. Herculano deveria mais uma espécie de “vilão de churrascaria”, mais pilantra e menos mau.


A partir da mudança de enfoque, O Astro deslanchou. (Por Lauro Jardim/Veja.com)

AO VIVO