Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
23ºmin
SAÚDE PÚBLICA

Prefeitura capacita mais profissionais para ampliar testagem rápida na capital

10 agosto 2021 - 16h48Por Prefeitura de Palmas

Para aprimorar o atendimento e a execução dos testes rápidos para Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Palmas realiza uma capacitação para os servidores que atuam nas Unidades de Saúde da Família (USF). Com o curso, será possível ampliar a testagem nas unidades de saúde e, dessa forma, executar o procedimento com segurança para os usuários.

Curso ocorre até quinta, 12 e serão capacitados 74 profissionais que integram todas as categorias de serviços da Semus. O curso foi dividido em seis turmas de servidores que atuam nas unidades de saúde de Palmas. Aos participantes estão sendo ministrados conteúdos como as especificações de cada coleta; cuidados no procedimento e triagem.

A coordenadora da área técnica de Combate às Doenças Infectocontagiosas, Isnaya Brandão, conta que é necessário ter domínio e cuidado desde o atendimento até a realização do exame com a população. “O serviço começa no acolhimento; é necessário que o profissional tenha a sensibilidade de receber e conversar com o paciente antes mesmo da testagem.” Isnaya também reforça que os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar o serviço na rede para que possa ser feita a identificação de possíveis enfermidades, de modo a garantir uma melhor qualidade de vida.

Transmissão

De acordo com a área técnica da Vigilância em Saúde, as ISTs são causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos e são transmitidas, principalmente, por meio sexual sem proteção.

Pode ocorrer também por meio da transmissão vertical para a criança durante a gestação, o parto ou a amamentação, quando medidas de prevenção não são realizadas. De maneira menos comum, as ISTs também podem ser transmitidas por meio não sexual, pelo contato de mucosas ou pele com lesões e secreções corporais contaminadas. O tratamento das pessoas com ISTs melhora a qualidade de vida e interrompe a cadeia de transmissão dessas infecções.

AO VIVO