Menu
Busca quinta, 24 de outubro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
33ºmax
22ºmin
TOCANTINS

Indiciado por agredir a própria mulher é preso por descumprir medida protetiva

19 setembro 2019 - 14h27

Policiais Civis da Delegacia de Itacajá prenderam nesta quarta-feira, 18, a prisão de um homem de  31 anos. Ele é suspeito pelos crimes de lesão corporal, ameaça e descumprimento de medida protetiva no contexto da Lei Maria da Penha contra a companheira. A prisão do suspeito ocorreu durante o cumprimento a mandado preventivo, expedido pela justiça.

De acordo com a delegada Jeannie Daier de Andrade, o suspeito cometeu os crimes contra sua companheira tendo sido investigado e indiciado. No entanto, o indivíduo se recusou a comparecer à delegacia para prestar esclarecimentos sobre os fatos investigados e, dessa forma, a autoridade policial representou pela prisão do investigado, a qual foi deferida e cumprida, na tarde desta quarta-feira.

A delegada também ressalta que o autor descumpriu as medidas protetivas fixadas nos autos do processo e, desse modo, também foi indiciado. Após ser preso, o suspeito foi conduzido até a sede da Delecia de Plantão de Itacajá e, posteriormente, recolhido a Casa de Prisão Provisória de Guaraí, onde ficará à disposição do Poder Judiciário. 

Outra prisão

Uma outra prisão foi efetuada na última segunda-feira, 16, pela equipe da Delegacia de Itacajá. Os policiais foram até o Povoado Gurita, no município de Itapiratins e efetuaram a prisão de um indivíduo de 39 anos de idade, suspeito de ter praticado um homicídio qualificado na cidade de Mirador (MA). 

Segundo a delegada Jeannie Daier de Andrade, o juízo da Comarca de Itacajá determinou o imediato cumprimento do mandado de prisão que havia sido expedido em desfavor do suspeito e, de imediato, os policiais  começaram a inicar as buscas no sentido de localizar o paradeiro do foragido do Maranhão e realizar sua prisão. 

Após algumas horas de buscas, o suspeito foi localizado no  povoado, que fica em uma zona rural de Itapiratins onde foi capturado e conduzido até a sede da Delegacia.

Após a realização dos procedimentos legais, o homem foi encaminhado a Casa de Prisão Provisória de Guaraí, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Mirador, cidade para onde deve ser recambiado, em breve, a fim de que possa responder a crime que lhe é imputado.

AO VIVO