Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
20ºmin
VIOLÊNCIA

Tocantinense é morta na Espanha e filho adolescente é o principal suspeito

05 novembro 2019 - 22h20Por Com informações do Jornal do Tocantins

Uma tocantinense identificada como, Minaene Franco (36 anos), foi encontrada morta na casa onde vivia com o filho na cidade espanhola de Foz, na província de Lugo, uma comunidade autônoma da Galiza. As informações são do Jornal do Tocantins (JTO).

O corpo da gurupiense foi encontrado por volta das 10h da manhã, com marcas de violência. Foi um vizinho que estranhou o sumiço e acionou a polícia. 

Jornais espanhois publicaram que Minaene morreu a facadas e o corpo foi encontrado no mesmo dia do crime. O próprio filho da mulher foi detido em flagrante apontado como principal suspeito do crime. 

Minaene morava há 14 anos na Espanha e tinha a nacionalidade espanhola. Ela trabalhava como cozinheira e estudava Gastronomia. A universidade lamentou o ocorrido.

Em entrevista ao JTO, uma irmã da vítima que preferiu não se identificar, lamentou a perda repentina e contou que o sobrinho morou em Gurupi até os 11 anos, quando sua mãe conseguiu levá-lo para a Espanha. Lá o menor era sustentado pela mãe que pagava para ele uma das mais caras escolas particulares da região. A tia se diz horrorizada com a notícia e relatou que a irmã reclamava constantemente da ingratidão do filho que, segundo ela, não gostava de estudar. 

Uma outra irmã viajou para a Espanha para acompanhar os procedimentos relacionados ao corpo que possívelmente deve ser velado e sepultado fora do país por conta do alto custo para translado até o Brasil.

A arma do crime não foi encontrada ainda. O caso está sendo investigado pela polícia espanhola. Segundo jornais adiantaram, não havia nenhum registro de violência doméstica relacionado à mãe e filho. 

O adolescente permanecerá internado em regime fechado. A justiça decidiu atendendo a um pedido do Ministério Público de Menores.

AO VIVO