Menu
Busca sábado, 28 de novembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
22ºmin
FRAUDE

Turistas do Tocantins presos em Fernando de Noronha são liberados pela polícia

02 novembro 2020 - 11h19Por da redação

O desembargador, Mauro Alencar de Barros, liberou no último domingo (1º), os quatro turistas do Tocantins, presos na ilha de Fernando de Noronha acusados de fraudar exames de Covid-19.

As pessoas que não tiveram os nomes divulgados estavam detidos em uma pousada, desde o dia 29 de outubro.

Os turistas, que são de Araguaína, no Norte do Estado, estavam no local com um jato fretado e foram acusados de praticar os crimes de falsificação de documento e associação criminosa.

O desembargador concedeu a liberdade provisória dos acusados (dois homens e duas mulheres) e determinou que saíssem imediatamente da ilha. A equipe de Vigilância em Saúde da Administração da Ilha, realizou testes, tipo RT-PCR, nos turistas, no dia 30 de outubro, mas o resultado não foi ainda divulgado.

Relembre o caso

Quando chegaram a ilha, no dia 28 de outubro, o grupo de turistas teriam se recusado a fazer os exames, alegando que tinham feito os testes no mesmo dia e estavam aguardando os resultados.

A vigilância da ilha descobriu que os testes realizados pelos turistas, eram de 25 de outubro, o que fere a lei aplicada em Fernando de Noronha, que estabeleceu um protocolo, que os exames devem ser feito 24h antes da viagem e comprovar que o turista não tenha Covid-19, para só assim, entrar no arquipélago.

 

AO VIVO