Menu
Busca terça, 27 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
23ºmin
URGENTE!

Unidade de UTI do HRA é interditada para novos pacientes após servidora contrair Covid-19

30 abril 2020 - 23h26

A diretoria do Hospital Regional de Araguaína (HRA) decidiu fechar a Unidade de Terapia Intensiva 1(UTI 1) diante da suspeita de contaminação por Covid-19. 

O Portal O Norte teve acesso ao memorando assinado nessa quarta-feira (29), pelo diretor-técnico do hospital, Sérgio Nogueira de Aguiar e pelo Diretor-Geral, Vânio Rodrigues de Souza, encaminhada à Diretoria de Regulação Estadual, onde a situação é detalhada. 

De acordo com o documento, o hospital afastou uma servidora que atua no setor regularmente, após ela apresentar sintomas da doença. Ainda segundo a diretoria, seria necessária a testagem de toda a equipe que desenvolve atividades dentro da referida unidade e também dos pacientes que lá estão internados até o momento. 

A direção do hospital esclarece que diante da situação, por enquanto não serão reguladas vagas para esse setor, até que seja descartada a possibilidade de contágio.  

Ambulatório Fechado

Vale ressaltar que essa semana, o ambulatório de alta complexidade do HRA teve que ser fechado, depois que uma servidora que atua no setor foi submetida a um exame de tomografia, indicando a suspeita de ela estar com o novo Coronavírus.

O Estado também decidiu pelo isolamento domiciliar de todos os profissionais que trabalhavam no setor e os que apresentarem sintomas deverão ser submetidos a testes que detectam a doença. 

Esclarecimento do Governo

Procurada pelo Portal O Norte, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) esclarece que, por medida de cautela, fechou o ambulatório e bloqueou a entrada de novos pacientes na Unidade de Terapia Intensiva I (UTI I) do Hospital Regional de Araguaína (HRA).

A pasta explica que o procedimento é padrão por medida de segurança aos pacientes da unidade: após servidora apresentar sintomas clássicos da Covid-19, o ambulatório foi fechado e os servidores (todos assintomáticos) foram encaminhados para isolamento domiciliar.  A SES informou ainda que, "O ambulatório será reaberto na próxima semana para reorganização do fluxo de atendimento e redução de risco ao paciente e profissionais"e ressaltou que o exame da servidora resultou negativo para Covid-19.

Sobre a profissional que atua na UTI I, a SES informa que ela está em isolamento domiciliar e que seu exame resultou positivo para a doença, assim, os colaboradores que estiveram no mesmo ambiente que a profissional estão em processo de testagem que assegure o funcionamento da UTI de forma segura.

Mesmo bloqueado o acesso de novos pacientes, a Secretaria garante que o funcionamento da UTI I segue normalmente com os pacientes já internados, que também estão em processo de testagem.

A SES destaca que, para todo atendimento realizado, a equipe multiprofissional de toda a Rede está devidamente paramentada com Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), portanto, a probabilidade de transmissão dentro do ambiente hospitalar, por parte dos profissionais, é consideravelmente reduzida.

 

Procurado pelo Portal O Norte, o Governo do Estado garantiu que não haverá desasistência no hospital, que todas as medidas de descontaminação estão sendo realizadas dentro de um absoluto planejamento e até que sejam finalizadas a testagem de todos os pacientes e servidores em questão, os atendimentos de urgência e emergência continuarão sendo realizados. 

 

AO VIVO