Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
25ºmin
FIQUE ATENTO!

Você sabe o que são "Acidentes de Consumo"? Especialista explica e faz alerta

21 setembro 2021 - 11h40Por Secom

No cotidiano do ser humano, seja em casa – o ambiente doméstico, ou no local de trabalho, muitos equipamentos são manuseados para ajudar na rotina de afazeres. Por mais que a tecnologia avance e as indústrias produzam mercadorias cada vez mais com segurança ao usuário, alguns acidentes de consumo estão passíveis de ocorrer.

Para manter a sociedade sempre bem informada, o Governo do Tocantins, por meio da Agência de Metrologia, Avaliação da Conformidade, Inovação e Tecnologia do Estado do Tocantins (AEM-TO), que é o órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), orienta a população, com dicas importantes que podem evitar problemas.

O presidente da AEM, Rérison Castro, informa que os acidentes de consumo “acontecem quando há falha ou defeito em algum produto ou quando ele não atende ao nível de segurança desejado”.

Relatórios ajudam a entender melhor os acidentes de consumo

Para compreender o cenário, existe o Sistema Inmetro de Monitoramento de Acidentes de Consumo (Sinmac), que desde 2013 atua como um banco de dados, fornecendo relatórios e estatísticas registrados no país, com filtros por produto, classe de produto e estado, bem como informações que permitem estimar os impactos destes eventos no sistema de saúde  - com o tratamento de vítimas -, e na produtividade do País - com o afastamento de consumidores que se acidentam em seus postos de trabalho. 

Acidentes de consumo devem ser informados

A Agência de Metrologia orienta que o consumidor que teve um acidente de consumo, relate o caso pelo meio digital: http://www.inmetro.gov.br/sinmac

“O monitoramento é uma ferramenta para estimular a melhoria da indústria nacional e com a participação do cidadão, informando a ocorrência, há um maior cuidado na produção e, consequentemente, maior prevenção e diminuição de acidentes”, destaca o gestor da AEM.

Vale ressaltar que o Sinmac não é um sistema para tratamento de reclamações, e sim, um sistema criado para armazenar informações sobre acidentes provocados por produtos e serviços, gerar estatísticas e promover a adoção de medidas corretivas a partir delas.

Portanto, cabe, também ao consumidor a possibilidade e a necessidade de procurar as autoridades competentes, em particular as entidades públicas e os órgãos de defesa do consumidor, para buscar a defesa de seus direitos.

Entenda melhor sobre os acidentes de consumo

Um acidente de consumo ocorre quando um produto ou serviço prestado provoca dano ao consumidor, quando utilizado ou manuseado de acordo com as instruções de uso. Entretanto, outros tipos de acidentes são passíveis de serem registrados no Sinmac por qualquer consumidor. Dentre eles:

Acidentes de consumo: ocorrem quando um produto ou serviço prestado provoca dano ao consumidor, quando utilizado ou manuseado de acordo com as instruções de uso do fornecedor. Ou seja, um acidente de consumo ocorre quando há uma falha/defeito do produto, ou quando ele não atende ao nível de segurança que dele se espera;

Acidentes domésticos: quando uma pessoa se acidenta dentro de casa em função de um ato inseguro, que pode se dar por imprudência, imperícia ou negligência de quem o comete. Os acidentes domésticos podem ou não estar associados a um produto;

Acidentes por mau uso do produto ou do serviço pelo consumidor: quando uma pessoa sofre algum tipo de lesão utilizando um produto ou serviço em desacordo com o que prevê as instruções do fornecedor;

Incidentes: ocorrem quando o evento implica na falha do produto ou no mau uso do produto pelo consumidor, porém, por qualquer motivo, o acidente não chega a ocorrer e, portanto, não há lesão.

Cuidados gerais que salvam vidas

Evite ligar muitos aparelhos na mesma tomada, mesmo com adaptadores e multiplicador de tomadas, principalmente na ausência do padrão brasileiro de plugues e tomadas. Há risco de choques elétricos, curto-circuito e até incêndios.

Crianças não devem ficar próximas aos fogões e deve-se tomar cuidado com panelas que não tenham superfície plana, que correm risco de escorregar e cair, provocando queimaduras.

Cuidado com o tombamento de móveis e eletrodomésticos. É um acidente muito comum com crianças. Verifique se estão fixos na parede ou no chão os móveis que correm o risco de tombar, como estantes e cômodas; observe se a TV está sobre um móvel robusto e estável, adequado para suportar seu tamanho; TVs de tela plana devem ser afixadas diretamente na parede, num painel ou num móvel, conforme instruções do fabricante para garantir que elas estejam presas de forma segura.

AO VIVO