JBS Coronavírus
Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
20ºmin
COLUNA

Opinião Formada

por Tony Veras
OPINIÃO

Kátia, Irajá, Dimas, Vicentinho e Dorinha, não destinam recursos para hospitais públicos do Estado combaterem o Coronavírus

28 março 2020 - 10h16Por Opinião Formada

Por: Tony Veras

Enquanto o Governo Estadual e as prefeituras correm contra o tempo para evitar a propagação do novo coronavírus (Covid-19), os deputados federais Dorinha Seabra (DEM), Tiago Dimas (SD) e Vicentinho Júnior (PL), além dos senadores Irajá Abreu (PSD) e sua mãe, Kátia Abreu (PP), parece que estão dando às costas para a população tocantinense que necessita de atendimento nos hospitais públicos do Estado.

Da bancada federal do Estado no Congresso Nacional, os parlamentares citados acima não repassaram um centavo sequer de suas emendas para ajudar o Governo no combate e prevenção da doença, que virou uma pandemia e vem matando milhares de pessoas em todo o planeta, inclusive no Brasil. 

Afiados no discurso, mas falhos em suas atitudes, os congressistas deveriam refletir sobre os seus papéis enquanto mulheres e homens públicos, e lembrar que acima das picuinhas políticas está a vida da população, que vai precisar de hospitais preparados e profissionais de Saúde equipados para oferecer um atendimento digno e humano.

De acordo com o governo federal, a previsão para os próximos meses é de que haja um colapso no sistema de saúde do país, incluindo o do Tocantins. Isso deve ocorrer porque vai aumentar a quantidade de pessoas infectadas pelo novo vírus, e consequentemente a demanda por leitos de UTIs ou de uso de ventiladores mecânicos, já que uma das caracteristas da doença é  o ataque ao sistema respiratório dos pacientes.

É preciso lembrar também, que mesmo diante da pandemia, os hospitais continuam recebendo pessoas que sofrem de outros problemas de saúde ou que são vítimas de acidentes, o que aumenta ainda mais a demanda dos atendimentos. Além disso, é necessário destacar os graves efeitos econômicos que a pandemia deixará nos cofres públicos, nos setores da indústria, comércio e de serviços e nas finanças da população, em especial a mais pobre.

Emendas para Combate e Prevenção ao Coronavírus

Da bancada federal do Tocantins em Brasília (DF), cabe destacar a sensibilidade dos deputados Carlos Gaguim (DEM), Célio Mouta (PT), Dulce Miranda (MDB), Eli Borges (SD), Osires Damaso (PSC) e do senador Eduardo Gomes (MDB), que somados vão repassar mais de R$ 56 milhões em emendas.

AO VIVO