Menu
Busca segunda, 17 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
30ºmax
23ºmin
ToledoFibra
COLUNA

Opinião Formada

INTERROGAÇÃO

Dimas comparece à Câmara, fala de projetos mas não apresenta nada de concreto

25 abril 2011 - 17h40

Alessandro Sachetti
Da Redação

 

Na manhã desta segunda-feira, 25, a sessão da Câmara Municipal de Araguaína recebeu a visita do secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano do Tocantins, Ronaldo Dimas. A sessão também contou com a presença de alunos do curso de direito, administração e serviço social da ITPAC (Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos), que vieram acompanhar o trabalho dos vereadores neste começo da semana.

O secretário Ronaldo Dimas foi recebido avidamente pelos vereadores e pelo público presente, inclusive por um grupo de moradores do setor Vitória que compareceram à Câmara ostentando cartazes com cobranças e pedidos de melhorias ao secretário, principalmente na questão da regularização fundiária daquele setor.

Os vereadores agradeceram a presença do secretário e aproveitaram a oportunidade para cobrar informações referentes aos trabalhos realizados pela secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano estadual.

O vereador Mané Mudança, líder do prefeito na Câmara, cobrou do Secretário maior participação do governo nos problemas de Araguaína e disse esperar que se crie uma parceria entre o governo e o município, independentemente da atual gestão municipal não ter apoiado o governo estadual durante o último pleito eleitoral.

Crítica
O vereador Jorge Frederico, no uso da palavra, cobrou do secretário Ronaldo Dimas, investimentos na cidade para que sejam, cada vez mais, abertas as portas para indústrias geradoras de emprego e criticou, veladamente, a entrega de cestas básicas, que segundo ele é medida paliativa, ou seja, não resolve, o vereador finalizou dizendo: “Espero que a política utilizada para Araguaína seja a de geração de empregos e não a política de doação de cestas básicas, pois a população precisa de empregos”.

Recursos
O secretário Ronaldo Dimas, discursou sobre os problemas não só de Araguaína, mas de todo o Estado, falou sobre as estradas e ruas esburacadas, sobre a falta de atendimento médico e disse que este não é um problema só de Araguaína. O secretário disse que existem verbas para inúmeras melhorias e que grande parte dessas verbas estão indisponíveis hoje por conta da burocracia do sistema, ou seja, as verbas que são destinadas ficam “presas” aos projetos até que os mesmos sejam executados, essas verbas não podem ser utilizadas para outros fins.

O maior problema segundo ele é que existem projetos emperrados desde 2002 e inúmeros outros desde então também emperrados, ele explicou: “Temos mais de 340 milhões que estão sem a utilização devida, projetos emperrados desde 2002 que não foram concluídos e aplicados. Por conta disso esse dinheiro está indisponibilizado e trabalhamos a viabilização desses projetos para que essas verbas sejam finalmente utilizadas. O que ficou é passado, o que importa é daqui pra frente e esse é o trabalho que vem sendo realizado pelo governador Siqueira Campos

Feirinha
Existem também projetos da pasta do secretário Ronaldo Dimas que estão atrelados a projetos sociais, ou seja, são projetos de reestruturação na arquitetura da cidade que geram benefícios sociais, um desses projetos trata da reestruturação e reorganização da região onde hoje se encontra a Feirinha, região essa que é conhecidamente foco de uso de drogas e prostituição na cidade: “Esse é um problema social gravíssimo e antigo. O projeto já está pronto e irá reorganizar e reestruturar toda feirinha, projeto esse que será divulgado pelo governador Siqueira Campos quando ele entender que é o momento adequado para isso” completou o secretário.

Pavimentação
Ronaldo Dimas também disse que serão empregados 15 milhões de reais na pavimentação de setores de Araguaína que hoje não tem asfalto, no caso específico, o setor Maracanã e o setor Itaipu, obras essas que, segundo ele, devem ser iniciadas em breve e também beneficiarão os setores vizinhos. “Serão 15 milhões de reais a serem aplicados em Araguaína para pavimentação de dois setores, entre eles praticamente a totalidade do setor Maracanã e também a pavimentação do setor Itaipu. Na verdade serão beneficiados outros setores, adjacentes a esses, pois, não há como pavimentar um setor em sua totalidade sem adentrar outros setores, até para que a durabilidade dessa pavimentação seja muito maior” explicou.

Recuperação de ruas
Como foi questionado sobre os problemas das ruas de Araguaína, o secretário respondeu que não é de obrigação do estado recuperar as ruas da cidade. Essa responsabilidade, segundo ele, é da gestão municipal e o papel do Estado é apoiar os municípios na busca por recursos mediante projetos e propostas e argumentou: "O que faremos é dar apoio e buscarmos, juntos, projetos e propostas para a solução desses problemas em cada município” explanou, eximindo sua pasta da responsabilidade da recuperação da malha viária dentro dos municípios.

Setor Vitória
Em resposta aos moradores do setor Vitória que compareceram à Câmara com cartazes pedindo ajuda na regularização fundiária, Ronaldo Dimas foi direto em suas palavras e disse: “Quero dizer aos moradores do setor Vitória que estamos buscando a solução dos problemas de vocês em parceria com município para resolver a regulamentação, existe o problema na documentação e estamos averiguando quem é o real proprietário daquela área. Não é uma medida rápida, mas tenho certeza que vamos viabilizar essa regularização fundiária”.
 

AO VIVO