Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
22ºmin
COLUNA

Opinião Formada

ENTREVISTA

Lázaro fala sobre candidaturas do PP e oposição a Siqueira

12 julho 2011 - 08h30

Tony Veras
Da Redação

 

Em entrevista exclusiva concedida à reportagem do Portal O Norte, o deputado federal, Lázaro Botelho (PP), falou sobre a reestruturação do Partido Progressista no Estado, candidatura de Valderez, derrota nas eleições de 2010, destinação de recursos ao Estado e opsição ao atual governo de Siqueira Campos.

Portal O Norte: No encontro da Executiva do Partido Progressista, foram discutidas algumas questões referentes a filiações e diretórios. Na reunião, foi dito que o único diretório legalmente organizado é o do município de Arapoema. Qual resumo pode ser feito desta reunião neste sentido?

Lázaro: Este encontro do Partido Progressista foi excelente, porque a expectativa era que viessem apenas membros do Diretório Estadual e tivemos aqui a presença de representantes de mais de trinta cidades, acabou que esta reunião se tornou grande em termos de pessoas presentes. A finalidade deste encontro é exatamente para discutir a renovação das Comissões provisórias dos Diretórios, porque quase todas estão vencidas, apenas a de Arapoema está ainda em vigor. Mas serão todos reformulados, vamos renovar e criar Comissões. A intenção da Executiva é dar ao partido, condições de lançar candidatos a prefeito em todos os municípios do Estado, com uma chapa completa de vereadores, pois nós estamos agora fazendo a Reforma Política no Congresso Nacional e possivelmente acabará com as coligações proporcionais, e cada partido tem que ter sua própria chapa de vereadores para as próximas campanhas, então os partidos que vão concorrer às eleições de 2012 já devem está alinhados até o dia 30 de setembro deste ano.

Portal O Norte: E como fica a situação dos candidatos? Você acha que o PP perde ou ganha com a queda da coligação para candidatura proporcional?

Lázaro: Eu acho que o Partido Progressista, em termo nacional é considerado o 3º maior partido da União, então a tendência é de que os partidos maiores fiquem mais fortalecidos e tenho certeza que o partido irá crescer mais, já a tendência dos pequenos é desaparer. Aqui no Tocantins, no Partido Progressista ainda temos poucos prefeitos, mas a exemplo do Rio Grande do Sul que já se tem mais de 140 prefeitos do PP, para ser prefeito primeiro deve haver uma candidatura. Com essa reunião, podemos incentivar as comissões presentes a filiarem o maior número de pessoas e também colocarem pessoas que tenham condições de serem candidatos tanto a prefeito como a vereadores, inclusive para deputados estaduais e federais ou qualquer cargo eletivo.

Portal O Norte: Nas eleições de 2010, o PP tomou uma posição bastante contraditória, pois apesar de compor a chapa com o PMDB na candidatura do Ex- governador, Carlos Gaguim (PMDB) e a Vice, Valderez Castelo Branco (PP), o partido acabou liberando outros parlamentares a apoiar a candidatura do atual governador Siqueira Campos. Esta mesma postura será adotada nas eleições de 2012?

Lázaro: O PP sempre esteve ao lado da União do Tocantins, com o governador Siqueira Campos, mas naquele momento da eleição por motivos alheios à minha vontade, houve a necessidade de o partido seguir outro rumo e como foi em um período eleitoral, para não prejudicar os candidatos que já haviam lançado os seus nomes, eu liberei para que qualquer candidato seguisse o que fosse melhor para ele. Mas como agora temos prazo suficiente para tomarmos decisões, acredito que os membros do PP deverão seguir a orientação do partido.

Portal O Norte: O que houve de fato no racha do PP com o grupo do governador Siqueira Campos?

Lázaro: Os motivos que levaram ao racha eu não posso detalhar com certeza. Mas tínhamos um acordo que não foi honrado e o PP se sentiu prejudicado e tomou essa decisão, que foi partidária e não individual. O partido se reuniu e tomou uma decisão homologada pelo Diretório.

Portal O Norte: A ex-prefeita de Araguaína Valderez Castelo Branco, que também é sua esposa, foi prefeita por dois mandatos, logo em seguida foi candidata a vice na chapa do ex-governador, Gaguim. Como o senhor justifica o fato de seu grupo político sair derrotado na cidade?

Lázaro: Toda eleição é uma surpresa e o nosso então candidato a governador, nunca teve uma votação expressiva em Araguaína. Quando nos aliamos ao Gaguim, em Araguaína ele não tinha mais do que 12% das intenções de voto. Na eleição quase que finalizou 50% para cada lado. Então eu acho que teve uma participação importante da ex-prefeita Valderez e em termos de Estado, o governador Siqueira Campos estava com mais de 70%, ao fim da eleição quase que se chegou ao empate. A prova de que a junção dos partidos gera influência em uma decisão eleitoral.

Portal O Norte: Durante a reunião da Executiva, o atual Prefeito de Carrasco Bonito reclamou que por ter apoiado a sua candidatura a deputado federal em 2010, hoje é discriminado pelo atual Governo? Como o senhor analisa a situação apresentada pelo prefeito?

Lázaro: Eu acredito que o Governador Siqueira, não irá fazer nenhuma retaliação a nenhum prefeito. Passado a eleição, o gestor será o gestor de todos, eu acredito que ainda não tenha dado tempo para se atender todos os pedidos, está se começando um governo agora e tenho certeza que Siqueira irá procurar fazer o melhor governo de sua vida, pois devido à sua idade avançada é a última oportunidade que ele está tendo de ser governador, então deverá fechar com “chave-de-ouro”. Eu torço para que ele [Siqueira] faça um bom Governo e que o Tocantins cresça e como deputado federal, afirmo que estou pronto para ajudar o Estado.

Portal O Norte: Em relação a coligações como o PP se posicionará nas eleições de 2012?

Lázaro: Em cada município encontramos uma situação diferente, portanto, analisaremos individualmente as melhores opções de crescimento para o partido.

Portal O Norte: Como deputado, o que o senhor poderá fazer por Araguaína, visto que o Ministério das Cidades está sob comando de um membro do Partido Progressista?

Lázaro: Praticamente ainda não foram empenhadas as emendas deste ano. Eu já tenho selecionado recursos para Araguaína, pois se trata de uma cidade grande e que precisa do apoio dos parlamentares. Todos os anos eu coloco em emenda projetos para esta cidade, assim como também para os demais municípios. Este ano, inclusive, coloquei a emenda de bancada e trata da continuidade das obras de canalizações de alguns córregos em Araguaína no valor de R$ 30 milhões de reais que terá contrapartida do Governo do Estado e não coloquei diretamente para o município para que este não tivesse que onerar recursos para tal fim, pois sabemos que importantes projetos deixam de ser executados pelo fato de muitas vezes o Município não ter condições de arcar com recursos de contrapartida e tenho certeza que o Ministro, Mário Negromonte, irá contribuir com este e outros importantes projetos através da disponibilização de recursos do Ministério das Cidades e o que eu puder fazer como deputado para contribuir para o desenvolvimento não só de Araguaína, mas de todo o Estado, farei.

Portal O Norte: Um dos nomes cotados para a disputa ao pleito de prefeito em Araguaína é o de sua esposa, Valderez. O Partido Progressista irá lançar candidatos à prefeitura da cidade nas eleições de 2012?

Lázaro: Nós temos a intenção de ter um candidato do partido, mas não quer dizer que seja a ex-prefeita Valderez. Temos vários nomes, como o deputado Raimundo Palito, e outros demais que possam se tornar filiados futuramente. Caso não tenhamos candidatos, iremos nos aliar da forma como julgarmos melhor para o partido.

Portal O Norte: Depois das eleições, o deputado Raimundo Palito tomou a decisão de apoiar a base aliada ao governo Siqueira Campos. Na posição de presidente do partido, como o senhor analisa isso?

Lázaro: Fui procurado pelo Deputado Palito na condição de presidente, na qual me posicionei que o PP é um colaborador do Estado, não podendo colocar empecilhos em simplesmente querer ser adversário. Tudo que objetivar ajudar ao Estado terá o consentimento do partido. Portanto, não somos adversários radicais, acho que o político deve pensar no bem comum, ou seja, no interesse coletivo.

Portal O Norte: Qual mensagem o Deputado deixa para Araguaína?

Lázaro: Gostaria de dizer ao povo de Araguaína que é uma cidade que eu adoro e que tenho o maior carinho, que o prefeito Valuar é meu amigo, independentemente de sigla partidária e dizer que com o maior prazer irei continuar a ajudar sempre esta cidade.

 

AO VIVO