Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
20ºmin
PROCESSO SELETIVO

Prefeitura de Goiânia anuncia concurso público com mais de 1,6 mil vagas

18 fevereiro 2020 - 15h48Por Mais Goiás

A Prefeitura de Goiânia anunciou às 9 horas a realização de um concurso público para o preenchimento de 1631 vagas para as secretarias municipais de Assistência Social(SEMAS), Saúde (SMS), Educação (SME) e Guarda Civil Metropolitana (GCM). O edital do concurso deve ser publicado até a próxima quinta-feira.

As vagas serão para os níveis fundamental, médio e superior, em diferentes cargos. Das 1631 vagas do concurso público a serem ofertadas na concurso público, serão 673 vagas para a área da Saúde, que serão distribuídas em diferentes funções. Para a Educação a projeção é que sejam em torno de 800 vagas. O quantitativo será detalhado no edital.

As demais para a Semas e para a Guarda Civil Metropolitana. O cronograma será divulgado no edital. O secretário de Administração, Agenor Mariano, explicou que o concurso será homologado até no mês de junho. 

A expectativa é que o chamamento ocorra ainda antes do período eleitoral. Alei destaca que aprovados não podem ser chamados três meses anteriores e três meses após as eleições.

As provas devem ocorrer ainda este ano e o concurso será organizado pelo Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás (UFG). “A prefeitura vai aumentar seu contingente, mas com justiça. O concurso é um instrumento para fazer justiça par a aqueles que buscam o conhecimento”, disse o prefeito de Goiânia, Iris Rezende.

De acordo com o secretário municipal de Administração, Agenor Mariano, o concurso não foi feito antes devido a situação financeira da prefeitura que no início do mandato de Iris Rezende apresentava um déficit de R$ 31 milhões, mas que agora se encontra numa situação de equilíbrio. “Chegou o tempo da prefeitura ofertar 1631 vagas”, disse o gestor.

Segundo o reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG), Edward Madureira foi um processo longo para que fosse oficializada pelo Município a realização do concurso. A expectativa é que a seleção possa atrair um grande número de participantes. “É apenas mais uma parceria com a prefeitura. Realizaremos um concurso no nível que precisa ser realizado. O reitor ainda declarou que é preciso observar os critérios vários cargos.

Recado

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Romário Policarpo (Patriota), argumentou que houve um convencimento junto ao prefeito para que o concurso fosse estendido a Guarda Civil Metropolitana.

Em tom de brincadeira, Policarpo disse que é difícil convencer o prefeito e espera convencê-lo de outro assunto para que ele seja candidato à reeleição no pleito de outubro. “Eu convenci o Iris a fazer o concurso, quem o conhece sabe o quanto é difícil, ainda vou convencer o senhor a se candidatar de novo”, declarou o presidente da Câmara

AO VIVO