Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
20ºmin
FORAGIDO PRESO

Acusado de matar a própria esposa estava trabalhando como vigia no Tocantins

10 março 2020 - 18h42

Uma ação de combate à criminalidade realizada por policiais civis das Delegacias de Divinópolis e Marianópolis do Tocantins, sob a coordenação do Delegado Manoel Frota, resultou na prisão de um indivíduo de 34 anos, no final da tarde desta segunda-feira, 9, na zona rural de Marianópolis.

O homem possui condenação transitada em julgado pela prática de um crime de homicídio e foi capturado mediante cumprimento a mandado de prisão expedido pelo juízo da Comarca de Brasília de Minas, em Minas Gerais, quando se encontrava em sua residência localizada no povoado Manchete, zona rural de Marianópolis.

De acordo com o delegado Manoel Frota, o foragido da Justiça de Minas foi condenado a 12 anos de reclusão pela morte da própria esposa no ano de 2008. Após a prática do crime, o homem foi preso em flagrante e após seis meses preso preventivamente foi solto e aguardou o julgamento em liberdade, tendo à época vindo residir no município de Marianópolis/TO.

De posse do mandado de prisão, os policiais civis do Tocantins intensificaram as diligências e localizaram o paradeiro do indivíduo que estava residindo no povoado acima mencionado e trabalhava como vigia de um posto de saúde. Com base nas informações levantadas, os policiais civis foram até o povoado e fizeram a prisão do homem, que já residia no Tocantins, há nove anos e levava uma vida aparentemente normal.

 Após ser preso, o homem foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Paraíso do Tocantins, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Brasília de Minas, município para onde deverá ser recambiado em breve, a fim de que possa dar início ao cumprimento da pena a qual foi condenado

AO VIVO