JBS Coronavírus
Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
21ºmin
POLÍCIA INVESTIGA

Aglomeração em praia de cidade onde prefeito morreu de Covid é denunciada no Fantástico

13 julho 2020 - 08h26Por Redação

Mês de julho é temporada de praias no Tocantins, mas por conta do novo Coronavírus, na maioria das cidades onde o turismo é fomentado pela movimentação nesta época, os gestores decidiram pelo cancelamento das mesmas. Mas apesar das orientações de órgãos de saúde, a questão não está sendo levada em consideração por muita gente, a exemplo disso, neste final de semana a cidade de Araguanã, localizada a 459 km da capital Palmas no Tocantins, repercutiu em rede nacional após um vídeo amador mostrar uma intensa aglomeração em plena pandemia na praia localizada na cidade, onde inclusive, o prefeito morreu vítima da Covid-19

Araguanã é uma das cidades mais visitadas no Estado em época de praias, mas este ano o município decidiu suspender a abertura das mesmas devido à pandemia e em comunicado em seu site, o município ressalta a importância da prevenção, evitando a aglomeração de pessoas. Contudo, mesmo diante de todas as orientações que sugerem o distanciamento social, muitas pessoas estão indo curtir o final de semana na região. 

Repercussão

Sobre esse assunto, o Fantástico desse domingo (12), repercutiu um vídeo onde mostra uma multidão de pessoas participando de uma festa na praia do Escapole em Araguanã. 

A praia fica localizada na divisa entre o Tocantins e Pará e as imagens feitas no local mostram, tendas na faixa de areia, várias embarcações, entre lanchas e flutuantes e centenas de pessoas. O movimento começou a ser registrado durante o dia mas se estendeu à noite sem qualquer tipo de fiscalização. 

Morte de prefeito

A cidade tem uma situação trágica em particular. No último sábado (11), o prefeito Hernandes Neves de Brito (54 anos) mais conhecido como Hernandes da Areia, foi uma das vítimas fatais da Covid. Ele estava internado desde o dia 10 de junho e não resistiu às complicações em decorrência da doença. Coincidentemente, o registro da aglomeração foi feito no mesmo dia em que o gestor faleceu. 

Investigação

O caso deve ser investigado pela Polícia Civil do Pará com o apoio de agentes do Tocantins. De acordo com o delegado Breno Alves, tanto os municípios de Piçarra (PA) como Araguanã (TO) criaram decretos proibindo aglomerações nas praias, como medidas de combate à pandemia de coronavírus.

Em nota, a Polícia Militar informou que não recebeu nenhuma denúncia sobre essa festa mas que o Batalhão de Polícia Militar Ambiental está realizando operações com foco em crimes ambientais em praias para assegurar a aplicação de decretos municipais que proíbem a aglomeração de pessoas.

Cenário da Covid na cidade

De acordo com o último boletim publicado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), a cidade de Araguanã registra 43 casos da doença e 1 morte. O falecimento do prefeito ainda não havia entrado nas estatísticas estaduais desse domingo (12). 

AO VIVO