JBS Coronavírus
Menu
Busca sexta, 05 de junho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
33ºmax
22ºmin
INVESTIGAÇÃO

Após 8 meses, polícia fecha laboratório de droga e motivo da demora é revelado

18 abril 2020 - 11h56Por Redação

Uma operação policial realizada na noite desta sexta-feira (17), fechou um grande laboratório de anfetaminas que estava funcionando em uma fazenda na zona rural de São Valério da Natividade, na região sul do Tocantins. 

A ação aconteceu através de uma parceria da Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (Denarc) com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e resultou na prisão em flagrante de quatro pessoas no local, onde foram encontrados insumos suficientes para produzir cerca de 100 mil comprimidos da droga, popularmente conhecida como rebite, sendo comum o uso dela por caminhoneiros devido ao seu efeito de deixar o usuário em estado de alerta.  

De acordo com os delegado da Denarc, Amaury Santos e Ênio Walcacer, as investigações duraram cerca de 8 meses e a demora se deu em virtude de o laboratório ser itinerante. "Eles tinham a expertise de fazer a alternância do local, arrendando fazendas e sítios de tempos em tempos para despistar a investigação policial", explicou Amaury Santos.

Os delegados afirmam que a droga produzida pelo grupo era distribuída nos estados de Goiás, Tocantins, Pará, Maranhão e Mato Grosso. A PRF ressalta que desde 2015 vários flagrantes de apreensões da droga foram realizados no Tocantins e Goiás e foram através dessas ações policiais que levaram os agentes a esta operação conjunta. 

 

 

 

AO VIVO