Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
22ºmin
CASO DE POLÍCIA

Araguainense é presa acusada de racismo e homofobia após discussão em flat

02 dezembro 2020 - 18h56Por Redação

A tocantinense, Karina Ferreira Lima (23 anos), foi presa em São Luís (MA) acusada de racismo e homofobia. As informações são do site Imirante. 

A ocorrência foi registrada no domingo (30), em um flat no bairro da Ponta d'Areia, onde a vítima [que é publicitário] mora. Marcondes de Oliveira (37 anos) acionou a polícia para denunciar insultos e palavras de ódio que teriam sido proferidas pela mulher que é natural de Araguaína.

Karina Lima foi detida e encarcerada no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, mas foi beneficiada com alvará de soltura nessa terça-feira (1º) e deverá responder pelos crimes em liberdade. 

Segundo reportagem do site maranhense, depois que o publicitário denunciou os crimes ele teria sido ameaçado do namorado de Karina e com medo de sofrer algo pior, deixou de comparecer à sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA).

A Polícia Civil do Maranhão abriu um inquérito para apurar o caso. 

 

AO VIVO