Menu
Busca terça, 02 de março de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
27ºmax
22ºmin
ASSALTO FRUSTRADO

Assaltantes invadem casa de cartomante, trocam tiros com a polícia e acabam presos

23 janeiro 2021 - 10h45Por Redação

Dois homens foram presos e uma menor apreendida, nesta sexta-feira (22), depois de realizar um assalto e trocar tiros com a polícia em Araguaína, no norte do Estado.

O caso ocorreu por volta das 15h30, em uma residência localizada na Rua Tomaz Batista, do bairro JK. Segundo relato da dona da casa, Elaine Tavares (50 anos), os criminosos [sendo dois homens e uma adolescente de 14 anos], se passaram por clientes, já que a proprietária é cartomante e eles se aproveitaram disso para entrar na casa.

A vítima contou que na hora que abriu a porta, foi rendida pelos suspeitos, que apontaram duas armas para seu rosto, a amarraram e em seguida vasculharam a casa, roubando jóias e outros pertences da mulher que estava em companhia da mãe, uma idosa de 74 anos, que também foi rendida pelos assaltantes e chegou a passar mal. 

A dona da casa disse que num momento de descuido dos criminosos, ela conseguiu se desamarrar e correu para fora de casa, oportunidade em que passava uma viatura policial na rua e ela pediu socorro. Enquanto os militares ouviam a mulher desesperada, um dos criminosos saiu da residência atrás dela, mas acabou se deparando com os PMs que deram ordem de parada. O bandido não obedeceu e ainda atirou contra eles, que reagiram e efetuaram disparos contra o criminoso.

Durante a troca de tiros, o outro comparsa foi atingido no abdômen e retornou para dentro da residência das vítimas. Ele pulou o muro da casa e tentou fugir por um matagal nas proximidades de uma antiga fábrica, mas os militares fecharam o cerco na região e conseguiram localizar o suspeito, que foi preso em flagrante. A garota de 14 anos também foi capturada, bem como o assaltante que realizou os disparos contra os policiais.

Os criminosos maiores de idade, foram identificados como João Victor de Souza Bezerra (18 anos) e Harisson Ferreira da Silva (19).

Em entrevista à nossa reportagem, João Vitor confessou o crime e ainda afirmou que já tem passagens pela polícia por roubo e homicídio registrados em Araguaína. Ele disse ainda que a adolescente apreendida é sua namorada. 

O outro comparsa, Harisson, também confessou participação no crime e ainda baleado falou para nossa reportagem que já tinha passagem por roubo. 

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e socorreu o suspeito baleado. Joias e celulares roubados das vítimas foram recuperados. O trio foi encaminhado para a delegacia, e devem responder pelo crime cometido. 

Gratidão 

Já na delegacia, a dona da casa agradeceu a polícia pela ação rápida e lembrou o momento de heroísmo do policial que a defendeu. " Ele [o bandido] ia atirar em mim, mas o policial reagiu rápido e atirou primeiro" disse a mulher.

Em entrevista à nossa reportagem, o PM que reagiu contra o criminoso armado ressaltou: "Nós policiais estamos prontos toda hora para proteger o cidadão de bem, mesmo com o sacrifício da própria vida e ontem foi um dia que colocamos isso à prova. Graças a Deus estamos bem, eu e meu parceiro e a família que estava sobre a mira de revólveres sendo ameaçado de morte todo momento. Deus no comando!", finalizou. 

AO VIVO