Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
37ºmax
23ºmin
"TOLERÂNCIA ZERO"

Bar é interditado, festa clandestina é encerrada e som automotivo é apreendido em Araguaína

25 agosto 2021 - 09h35Por Secom

A Polícia Civil de Araguaína, participou, no último final de semana de mais uma etapa da operação Tolerância Zero. A ação tem por objetivo fiscalizar o cumprimento dos decretos emitidos pelo Poder Público Estadual e Municipal no sentido de conter o avanço da pandemia do novo coronavírus.

Na ocasião, foram efetuadas apreensão de veículo com som automotivo, encerramento de festas e aglomerações e interdição de um bar. Os trabalhos foram realizados em parceria com o Departamento de Posturas e Edificações; a Polícia Militar; a Agência de Trânsito e Transporte; o Corpo de Bombeiros Militar e fiscais do Meio Ambiente.

As equipes, comandadas pelo delegado-chefe, Fernando Rizério Jayme, juntamente com demais forças de segurança e órgãos de fiscalização passaram a diligenciar pela cidade com o intuito de atender ocorrências de perturbação, identificar locais de festas e impedir aglomerações de pessoas. Ainda no sábado, 21, no povoado Novo Horizonte os agentes fizeram a autuação de bares, que estavam em descumprimento das medidas sanitárias e aplicaram multa a um condutor que estava transitando em um veículo com som automotivo ligado, em volume incompatível com o permitido pela legislação de trânsito.

Na zona urbana, outro carro que estava em frente a uma adega na Avenida Filadélfia, também foi multado por estacionar em local irregular.

Na sexta-feira, 20, as equipes flagraram uma festa clandestina em uma casa de eventos no jardim dos Ipês, e, durante esta operação, novamente houve o flagrante, sendo que 15 pessoas que festejavam no interior do imóvel foram autuadas criminalmente, além do proprietário do local, um advogado, investigado pelos reiterados descumprimentos e pelo suposto crime tipificado pelo Art. 268 do Código Penal.

Durante as ações, um bar, onde ocorria uma festa dançante também foi interditado, por estar descumprindo os decretos editados pelo Poder Público e pelos órgãos de saúde com o objetivo de evitar a contaminação pela covid-19.

Segundo o delegado Fernando Rizério Jayme: “A operação possibilitou a fiscalização em locais já visitados e que insistiam em promover aglomerações e festas, colocando em risco a saúde da população”, disse a autoridade policial. O delegado também informou que, por meio de levantamentos e denúncias nos canais competentes de atendimento, outras ações nos mesmos moldes já estão com planejamento de atuação e intervenção das forças públicas, para garantir o cumprimento da lei.

O delegado lembra ainda que denúncias podem ser realizadas pelos telefones 190, 197, por meio dos números disponibilizados pela Departamento de Posturas e Edificações (Demupe). O cidadão também pode registrar um Boletim de Ocorrência na delegacia virtual, sendo que serão investigados e os responsáveis autuados criminalmente, podendo ser conduzidos à delegacia para autuação em flagrante delito.

Aparelhagem de som apreendida pela PC-TO durante a operação Tolerância Zero - SSP/Governo do Tocantins

 

AO VIVO