Menu
Busca terça, 25 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
22ºmin
ToledoFibra
DENÚNCIA

Casal é preso acusado de matar de fome criança com hidrocefalia

11 janeiro 2020 - 13h10Por O Liberal

 Jeferson Pereira de Carvalho e Pryscilla Tavares Pinheiro, foram presos, nesta sexta-feira (10), por matarem uma criança com hidrocefalia e deficiência intelectual. O caso conteceu em Ananindeua (PA).

O crime se prolongou, possivelmente, desde o nascimento da menina, que morreu, no ano passado, aos sete anos de idade. Ela era filha de Pryscilla e do primeiro companheiro dela, Anselmo Araújo Portal. A vítima apresentava um quadro grave de desnutrição e ausência de cuidados essenciais.

Na denúncia, oferecida pelo promotor de Justiça Bruno Beckembauer, do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), é explicitado que a criança dependia, totalmente, dos responsáveis para atividades básicas, desde ir ao banheiro a se alimentar e ainda necessitava de medicação e cuidados médicos frequentes. Jeferson e Pryscila são acusados de negligenciar esse suporte. As conclusões contam com relatos de testemunhas.

Pelos relatos das testemunhas, os pais da criança já não davam os devidos cuidados. Além de nem alimentarem ou a levarem ao hospital, com a frequência que a doença da menina exigia, estrutura básica era negada a ela. Testemunhas afirmaram que sequer havia uma cama para a criança que dormia no chão. O Conselho Tutelar chegou a ser acionado, como relata o promotor, na denúncia.

Após a dissolução da união do casal, os maus-tratos continuaram quando Pryscilla se envolveu com Jeferson, que não interveio. Por isso, os três foram denunciados pela morte da menina.

Por enquanto, só a mãe e o atual companheiro foram presos preventivamente. Anselmo está em liberdade. A ação foi coordenada pela Diretoria de Polícia Metropolitana (DPM), realizada por Policiais Civis da Seccional Urbana da Cidade Nova e policiais civis da Força Nacional.

AO VIVO