Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
20ºmin
CRIME PASSIONAL

Garota de 17 anos é suspeita de torturar e matar menina de 12 anos por ciúmes

05 março 2020 - 11h10Por Cidade Verde

Uma adolescente de 17 anos foi apreendida nessa quarta-feira (4), em Teresina, suspeita de matar e ocultar o corpo de uma menina de 12 anos, identificada como Carla Gabrielly Carvalho. O crime foi praticado no dia 19 de fevereiro na cidade de Batalha, distante 156 Km de Teresina. 

Segundo a Polícia Civil, o crime teria motivação passional. De acordo com o delegado Dennis Sampaio, responsável pelo caso,  a suposta autora do assassinato descobriu que Carla Gabrielly estava tendo um relação amorosa com o seu namorado.

"Elas discutiram e a suspeita chegou a ameaçar. Após  a discussão, a suspeita convidou Carla para conversar. Carla saiu de casa dizendo que ia ao encontro dela e não voltou mais", conta o delegado.

Carla saiu de casa de 19 de fevereiro e o corpo foi encontrado embaixo de galhos de árvores no dia 21, em um área de matagal no povoado Cacimbas II, a 50 quilômetros da zona urbana de Batalha. "A suspeita foi vista próximo ao local onde o corpo foi encontrado. Foi vista no dia do crime. A região fica em um morro, distante, não é uma área de passagem", disse o delegado.

O corpo tinha perfurações de faca na região do pescoço e há informações de que Carla foi torturada antes da morte. Após o crime, a adolescente suspeita viajou para Teresina, cidade onde ela nasceu. Ela estaria sofrendo ameaças na cidade de Batalha já que a população está revoltada com o caso. 

Em depoimento ao delegado Dennis, a adolescente apreendida nega o crime e afirma que não tem nada a ver com a morte da menina de 12 anos. No entanto, a polícia não acredita na versão.

O namorado que seria o "pivô" do crime também foi ouvido e traçou o perfil da suspeita como uma pessoa muito ciumenta e agressiva. 

A adolescente de 17 anos está apreendida em Teresina. As investigações continuam, mas a polícia não trabalha com a possibilidade de haver outras pessoas envolvidas no crime.

AO VIVO