Menu
Busca sábado, 25 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
23ºmin
NO TOCANTINS

Grupos envolvidos em conflitos de terras viram alvo de operação da Polícia Civil

27 agosto 2021 - 17h36

A Polícia Civil, por intermédio da 8ª Delegacia Regional de Dianópolis (8ª DRPC), deflagrou, nesta sexta-feira, 27, uma grande operação policial com o objetivo de dar cumprimento a mandados de busca e apreensão em propriedades rurais, no município de Rio da Conceição, onde estaria ocorrendo uma disputa por terras.

Comandada pelo delegado regional, Márcio Duarte Teixeira, com apoio do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote), delegacias de Arraias, Paranã, do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e da Diretoria de Polícia do Interior, a ação resultou na apreensão de aparelhos celulares, além de documentos e demais itens que estavam nas sedes das fazendas vistoriadas. 

Investigações 

Segundo o delegado regional, Márcio Duarte Teixeira, a polícia já vinha investigando as ações dos dois grupos que se encontram na região há algum tempo, uma vez que, nos últimos anos, têm sido frequentes os conflitos entre ambos que, inclusive, já resultaram em mortes, agressões e destruição de bens. 

“Os dois grupos disputam a posse de uma área de mais de 5 mil hectares, onde fica instalada uma fazenda. Sendo assim, nos últimos anos, têm sido frequentes os confrontos entre eles, sendo que a Polícia Civil já realizou anteriormente ações na área, que resultaram em apreensões de armas de fogo e na prisão de pessoas envolvidas com as ações delituosas”, explicou a autoridade policial. 

As investigações terão continuidade para que a Polícia Civil possa identificar todos os indivíduos que estariam ocupando irregularmente a terra e promovendo ações que têm gerado insegurança e instabilidade em toda a região. Além disso, as investigações da PC demonstram que os ambos os grupos possuem armas de fogo e que elas estariam sendo utilizadas para a realização de ameaças e até a prática de atentados dos dois lados envolvidos no conflito.

"A operação realizada pela Polícia Civil do Tocantins nesta sexta-feira demonstra que a instituição está atenta e investigando as ações dos dois grupos que rivalizam pela posse da terra, e que a PC-TO não permitirá que uma disputa judicial migre para a zona rural e sirva de pretexto para ações criminosas e atos de intimidação, impedindo o direito de ir e vir de terceiros alheios a essa disputa”, frisou delegado Márcio Duarte.

Além do delegado Márcio Duarte, participaram das ações a delegada Vanusa Regina Carvalho, da 11ª Delegacia de Atendimento a Vulneráveis, de Arraias; o delegado Clécio Cândido, da 101ª Delegacia de Dianópolis; a diretora de Polícia do Interior, Melícia Rezende Ganzaroli de Ávila, e o diretor do Gote, delegado Rildo Barreira.

 

 
AO VIVO