Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
30ºmax
22ºmin
DENÚNCIA EM ARAGUAÍNA

Jovem internado com dor de estômago morre por Covid e família questiona o diagnóstico

26 setembro 2020 - 09h41Por Redação

A família de um jovem de 20 anos que morreu nesta sexta-feira (25), no Hospital Municipal de Campanha (HMC), não acredita no diagnóstico dado pela unidade indicando que ele faleceu de Covid e procurou nossa reportagem para denunciar o caso. 

O paciente era, Alziro Cardoso da Costa Júnior, que segundo familiares, procurou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na madrugada de segunda para terça-feira dessa semana, sentindo fortes dores de estômago. Na quarta-feira (23), o rapaz foi submetido a um teste de Covid, o Swab naso-orofaríngeo, com resultado negativo para a doença e mesmo assim foi transferido para o HMC. 

Na tarde de ontem (25), os familiares receberam a notícia de que Alziro Júnior havia falecido vítima da Covid, mas o diagnóstico foi questionado pela família, oportunidade em que profissionais do hospital apresentaram um segundo teste que teria sido realizado no dia anterior e que deu positivo para o novo Coronavírus. 

"Não aceitamos esse diagnóstico, ele não estava com Covid e queremos respostas concretas!", reclamou uma prima do rapaz que conversou com nossa reportagem e preferiu não se identificar acrescentando: "O hospital só quer liberar o corpo se assinarmos o laudo de Covid".

Depois de muita angústia à espera da liberação, a família resolveu aceitar os termos: "Mas fizemos isso somente pra conseguir sepultar o corpo do meu primo antes que o Estado fizesse a cremação. Isso é lamentável", afirmou a jovem destacando que a família entrará com um processo judicial contra o hospital.

Finalizando a entrevista, a jovem destacou que Alziro era saudável, não tinha nenhum problema aparente de saúde. Solteiro, ele deixa uma filha de 3 anos.

Nossa reportagem procurou o Instituto Saúde e Cidania (Isac), responsável pela gestão da UPA e HMC em Araguaína. 

Confira a nota na íntegra

Nota ISAC

O ISAC - Instituto Saúde e Cidadania informa que o paciente citado foi a óbito no Hospital Municipal de Campanha, que trata exclusivamente de Covid-19.  Ele foi admitido na unidade após dar entrada na UPA Anatólio Dias Carneiro com sintomas de Covid-19.

Os primeiros exames para Covid-19 foram feitos no paciente no dia 23, quando ele ainda estava com três dias de sintomas. Na ocasião, tanto o teste rápido, quanto o SWAB, deram negativo. 

Seguindo os protocolos e orientações do Ministério da Saúde, continuou-se a investigação para Covid-19 e, no dia 24, um novo teste rápido foi realizado, tendo resultado positivo. Com isso, um novo SWAB foi feito e aguarda-se o resultado.

Reiteramos que todos os protocolos assistenciais foram seguidos. Mas, infelizmente, houve a perda do paciente. O ISAC se solidariza com a família e amigos neste momento de dor. 

Correção: O Portal O Norte se equivicou inicialmente ao citar que o paciente esta internado no Hospital Regional de Araguaína (HRA), a informação então foi corrigida. 

AO VIVO