Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
31ºmax
23ºmin
ACABOU PRESO

Mãe denuncia o marido após decobrir que filha estava sendo estuprada

07 março 2020 - 09h02

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), em Palmas, cumpriu na manhã desta sexta-feira, 6, mandado de prisão preventiva contra um homem, de 30 anos, suspeito de estupro de vulnerável. O homem, que é padastro da vítima de oito anos de idade, chegou a fazer um áudio em que ameaça a mãe da criança, a testemunha e até mesmo a Polícia.

A prisão do suspeito foi efetuada por agentes de polícia da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, com o apoio das 4ª e 5ª Delegacias de Polícia da capital, no setor Taquari. A vítima, segundo apontam as investigações, convivia com o suspeito desde os dois anos de idade.

Ao descobrir o crime, a mãe da criança procurou a delegacia e deu início ao procedimento. Diante disso, o suspeito começou a ameaçá-la e também a uma testemunha; nos áudios coletados pela Polícia, além de proferir ameaças às mulheres, ele também ameaçou as forças de Segurança Pública. A autoridade policial representou pela prisão do suspeito e a Justiça deferiu a medida. O homem foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Palmas.

AO VIVO