Menu
Busca segunda, 10 de maio de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
19ºmin
"ESTOU ARREPENDIDO"

Marido se entrega para a polícia e confessa como matou a própria esposa

19 abril 2021 - 18h43Por Redação

A Polícia Civil prendeu na tarde desta segunda-feira (19), o principal suspeito de matar uma mulher na noite do último sábado (17), no povoado Brejão, zona rural de Araguaína no Norte do Estado. 

A ação foi realizada por uma equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em uma chácara que fica na mesma região onde aconteceu o crime. 

A prisão aconteceu após a polícia receber a informação de que o autor estava escondido na casa de familiares e arrependido tinha a intenção de se entregar. 

Encontrado no endereço indicado, o homem de 33 anos confessou o crime e contou como assassinou a própria companheira, Shirley Rodrigues (33 anos). O autor relatou que matou a mulher com as próprias mãos durante uma discussão do casal. Disse ainda que não tinha a intenção de matá-la e quando percebeu ela já estava sem vida. 

De acordo com a polícia, o autor já tinha passagem tendo sido enquadrado pela Lei Maria da Penha por agredir uma outra mulher. 

Ele foi conduzido para a Central de Flagrantes para os procedimentos cabíveis e deve responder por feminicídio. 

O crime

A PM foi acionada por volta das 21h40 no povoado Brejão, que fica a aproximadamente 30 km de Araguaína. Segundo informações, um homem teria matado a própria companheira que foi encontrada morta no local. 

Marido fugiu do local depois de matar a companheira. (Foto: Portal O Norte)

Após a denúncia, uma equipe se deslocou até o endereço citado e localizou o corpo de Shirley Rodrigues (33 anos). A perícia foi acionada e constatou que a vítima havia sofrido uma lesão na cabeça. O possível autor do crime já havia fugido do local.

O corpo de Shirley Rodrigues foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) do município. Segundo testemunhas, ela havia sido vista naquela noite chegando com o seu companheiro.

AO VIVO