Menu
Busca sábado, 25 de janeiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
22ºmin
Luah's SemiJoias
LUTO!

Morreu hoje Malu da Tapioca após quase 15 dias na UTI; marido é suspeito de espancamento

13 janeiro 2020 - 08h20Por Redação

Morreu na madrugada desta segunda-feira (13), em Araguaína, Marcleya Pereira de Moraes (45 anos), conhecida popularmente como Malu da Tapioca. 

Malu estava internada há quase quinze dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Araguaína (HRA), depois de dar entrada na unidade no dia 31 de dezembro. 

Familiares acreditam que a mulher foi vítima de feminicídio e o marido é o principal suspeito do crime. Foi o próprio companheiro que levou Malu para o hospital, ela apresentava vários hematomas e devido à gravidade dos ferimentos ela foi transferida imediatamente para a UTI onde permaneceu internada até sua morte hoje por volta das 2 horas da madrugada. 

A equipe médica suspeitou das marcas encontradas no corpo da mulher e acionou a Polícia Militar e Polícia Civil. Entre entrevista ao Portal Arnaldo Filho, Jairo Gomes, marido de Malu negou que a tenha espancado e declarou inocência contando que no dia do episódio ele acordou com Malu gritando que estava doendo a cabeça, que ela estava com a toda travada e dura e  que caiu no chão batendo a cabeça. Ele disse aidna que desde que a mulher foi internada ele vive recebendo ameaças da família de Malu.

Companheiro de malu nega que tenha espancado ela. (Foto: Arquivo Pessoal)

O corpo de Malu da Tapioca chegou no Instituto médico Legal (IML) hoje por volta das 4 h da manhã e podesteiormente liberado aos familiares. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

O corpo dela foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) na madrugada desta segunda-feira (13). Malu será velada por amigos e familiares, no Centro Comunitário do Bairro São João, a partir das 10 horas. Ainda não há informações sobre o sepultamento. 

 

AO VIVO