Menu
Busca terça, 25 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
22ºmin
VIOLÊNCIA

Mulher acusa namorado do irmão de tentar matá-la nesta madrugada

12 dezembro 2019 - 22h19Por Mais Goiás

Uma mulher acusa o cunhado, namorado do irmão dela, de tentar matá-la na madrugada desta quinta-feira (12),

O crime teria acontecido no setor Buriti em Aparecida de Goiânia. De acordo com a vítima, o agressor a atacou e fugiu depois de um desentendimento entre os dois. 

A vítima, que não quer ser identificada, disse que foi até a casa do irmão por volta de 00h30 para conversar com o suspeito. Isso porque ele estaria falando mal dela para pessoas em comum. Ela contou que todos conversavam calmamente, até que o rapaz se exaltou. Ele teria dito que ia matá-la e jogou um copo no rosto dela. O objeto causou um corte profundo e uma fratura. Em seguida, ele a agrediu mais vezes e fugiu.

A mulher conta, ainda, que ligou para a emergência médica e para a Polícia Militar (PM). “Eu queria falar com a polícia, mas eles demoraram demais. A emergência chegou e disse que eu tinha perdido muito sangue e que precisava ir para o hospital”, ressaltou.

A vítima foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Setor Buriti Sereno. Ele informou à reportagem que deu entrada na unidade por volta de duas horas da manhã e que aguardava ser transferida para outro hospital. E que será necessário fazer uma cirurgia, porque sofreu uma fratura no osso da face.

De acordo com a delegada Paula Meoti, da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (Deam), normalmente o registro é feito no momento do atendimento. “Se o registro é feito corretamente ao Corpo de Bombeiros ou à PM ele chega para nós. E nesses casos não é preciso que a vítima vá a delegacia”, ressaltou a delegada. Paula ainda não deu retorno se o caso foi encaminhado para a Deam. De acordo com a Polícia Civil, não há registros de ocorrências em nome da vítima.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Aparecida de Goiânia, a mulher foi atendida e realizou exames na UPA. Em seguida, foi encaminhada para o Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa) para avaliação com um cirurgião.

AO VIVO