segunda, 17 de janeiro de 2022
(63) 99958-5851
Araguaína
29ºmax
22ºmin
AGRESSOR FOI PRESO

Mulher apanha do marido no trabalho após recusar entregar cartão de crédito pra ele

27 novembro 2021 - 08h10

No final da tarde desta sexta-feira, 26, a pronta intervenção de policiais civis de Taguatinga, no sudeste do Estado, resultou na prisão, em flagrante de um homem de 23 anos, pelo crime de violência doméstica. Coordenados pelo delegado-chefe da 103ª DP, Lucas Rodrigues, os agentes foram informados de que o autor estava no local de trabalho de sua companheira, também de 23 anos, praticando agressões físicas e ameaças contra a mesma.

Segundo o delegado Lucas, durante o cumprimento de seu expediente de trabalho, a vítima foi surpreendida com a chegada de seu companheiro, que passou a exigir que ela entregasse seu cartão de crédito e valores que possuía em sua bolsa. Diante da negativa, o autor passou a agredi-la fisicamente no local de trabalho e a ameaçá-la de morte caso a polícia fosse acionada.

Imediatamente, os policiais foram até à loja, onde constataram a veracidade das informações e efetuaram a prisão do indivíduo pouco depois da prática dos crimes contra a vítima. Em seguida, ele foi conduzido até a sede da 103ª, onde foi autuado pelos crimes de lesão corporal e ameaça, no contexto da Lei Maria da Penha.

Vítima e autor mantêm um relacionamento afetivo e possuem uma filha. Devidamente autuado, o preso foi encaminhado à unidade prisional de Dianópolis, onde permanece à disposição do Poder Judiciário. As investigações prosseguem para que a Polícia Civil possa elucidar todas as circunstâncias dos fatos.

“É importante registrar que a Lei nº 11.340/06, também conhecida como lei Maria da Penha, criou mecanismos de combate a todos as espécies de violência: física, moral, psicológica, sexual e patrimonial, colocando a Polícia Civil como o porto seguro da vítima de violência familiar”, pontuou o delegado Lucas.