Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
37ºmax
23ºmin
"BOCA NA BOTIJA"

Mulher é presa em flagrante por usar loja como fachada para comercializar drogas

10 maio 2020 - 16h10Por Redação

Uma mulher foi presa pela Polícia Civil por usar uma loja de conveniência como ponto de venda de drogas em Araguaína, no Norte do Estado. 

A ação aconteceu no sábado (09), quando agentes da 2ª Divisão de Repressão a Narcóticos (2ª DENARC), com apoio de policiais da Divisão de Combate ao Crime Organizado (DEIC) desarticularam o ponto de venda de drogas e efetuaram a prisão de uma mulher suspeita por tráfico.

De acordo com o titular da 2ª Denarc, delegado José Anchieta de Menezes Filho, a equipe da Denarc já estava investigando a conduta de algumas pessoas devido a suspeitas do envolvimento com o tráfico na cidade. “Há várias semanas estamos averiguando a movimentação nos arredores da “feirinha”, no centro da cidade e notamos que, devido a demolição de várias construções do local, dezenas de usuários haviam migrado para essa loja de conveniência no intuito de adquirir drogas. Desse modo, intensificamos as investigações e constatamos que, de fato, o comércio na verdade era apenas uma fachada para o comércio de drogas”, disse o delegado.

Com base nas informações levantadas, o delegado representou, junto ao Poder Judiciário por mandados de busca e apreensão na loja de conveniência, além de outros dois locais.

(Foto: Portal O Norte)

De posse, das ordens judiciais, os policiais foram até os endereços e na falsa loja de conveniência localizaram várias porções de crack, maconha, balança de precisão, além de R$ 6.579,00 (Seis Mil Quinhentos e Setenta e Nove Reais), em espécie, dinheiro proveniente da venda de drogas.

A Polícia Civil apreendeu drogas e mais de R$ 6 mil reais em dinheiro. (Foto: Portal O Norte)

A autoridade policial destaca também, que os mandados judiciais foram cumpridos neste sábado porque o movimento na falsa conveniência era maior no fim de semana.

Dessa maneira, a dona do local foi conduzida até a Central de Atendimento da Polícia Civil, onde foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, a investigada foi encaminhada para a Unidade Prisional Feminina de Babaçulândia, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

AO VIVO