Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
34ºmax
24ºmin
Casos Insanos
Assembleia Legislativa - Emendas para saúde

Preso o marido que matou esposa e espancou três enteados em Araguaína

27 setembro 2010 - 10h36

Stoff Vieira
Redação

 

Na noite da última sexta-feira, 24, por volta das 21:00 horas, Valdson alves feitosa, de 39 anos, acusado de ter assassinado a própria esposa, a auxiliar de serviços gerais, Neirilan Maceno Paiva, 47 anos, na manhã deste mesmo dia, surpreendeu e causou revolta aos moradores do setor Morada do Sol II, ao aparecer no velório de Neirilan. A filha da vítima, Neirivan Souza paiva, 19 percebeu a presença do autor do crime e seu marido tentou prender o meliante, que conseguiu evadir-se do local, o genro da vítima perseguiu o criminoso, mas ao chegar em um matagal foi agredido com uma paulada na cabeça e o assassino fugiu mais uma vez.
 

A PM foi acionada esteve no local porém não encontrou o acusado. Outras viaturas foram acionadas para dar apoio e assim foi iniciada uma busca pelo bairro e arredores para prender Valdson. Depois de algumas horas de busca e com o apoio de populares que se dispuseram a ajudar os policiais na missão, a polícia localizou o acusado escondido em um quarto na casa de uma irmã no setor Céu Azul. “Ele se mostrou bastante transtornado e voltou ao local do crime. Tudo indica que esse é um dos quadros de psicopatia”. Afirmou o aspirante da Polícia Militar, Bravim.

O autor do crime foi encaminhado à delegacia de plantão de Araguaína onde em conversa com a equipe de reportagem do portal O Norte, assumiu ter cometido o crime: “Matei, mas não sei como aconteceu, não me lembro”.


Entenda o caso

Por volta das 09h:00min da manhã de sexta feira, 24, a Polícia Militar recebeu uma ligação relatando que o corpo de uma mulher teria sido visto caído no interior de uma residência no setor Morada do Sol II. Em seguida, uma viatura da PM se deslocou até o local e encontrou Maria Neirilan já sem vida. Na mesma residência, num dos quartos, foram encontrados três filhos da vítima menores de 13, 15 e 16 anos que estavam bastante machucados.

Segundo informações da filha da vítima, Neirivan Souza, seu padrasto Valdson feitosa, seria o executor do assassinato de sua mãe e espancamento de seus irmãos, além disso, Vladson fugiu com seu único filho com Maria Neirilan, um menor de 8 anos. “Foi ele que matou minha mãe, depois disso ele foi até o quarto dos meus três irmãos e espancou eles também e ainda fugiu com meu irmão mais novo” diz Neirivan. A filha da vítima assassinada, afirmou ainda que sua mãe durante o tempo em que esteve casado com Vladson por diversas vezes foi agredida pelo marido. “Ele vivia batendo em minha mãe, mas ela nunca teve coragem de registrar nenhuma queixa contra ele, agora eu só quero justiça, esse assassino tem que pagar pelo que ele fez”. Finaliza Neirivan bastante abalada com a morte da mãe.

Maria Neirilan trabalhava no Hospital Regional de Araguaína HRA como auxiliar de serviços gerais e morava com Valdson a cerca de oito anos. Neirilan e os filhos foram encontrados com diversos hematomas apresentavam sinais de espancamento. Os menores foram encaminhados ao Hospital Regional de Araguaína, onde receberam atendimento médico onde ficou comprovado que os três sofreram traumatismo craniano. Dois, dos três menores passaram por procedimentos cirúrgicos e o terceiro foi medicado e passou por exames. Segundo a assessoria de comunicação do hospital, o estado de saúde dos adolescentes é estável.

 

AO VIVO