Menu
Busca sábado, 04 de abril de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
32ºmax
23ºmin
Assembleia Legislativa
PRISÃO

Polícia Civil prende acusados do assassinato do ativista Sebastião Bezerra

14 março 2011 - 11h12

 A Polícia Civil prendeu no sábado, 12, em Goiás, Janes Miguel Gonçalves Junior, 19 anos e Ricardo José Gonçalves, 20 anos. Os irmãos são acusados de ter torturado e matado Sebastião da Silva Bezerra, 40 anos, no dia 27 de fevereiro. Também foi preso em Gurupi-TO, uma terceira pessoa acusada de ter envolvimento no crime.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações do caso, o titular da DEIC - Delegacia Especializada em Investigações Criminais, de Gurupi-TO, Dr. Jackson Ribas, as prisões foram realizadas após interceptação do telefone celular, de Sebastião, que estava de posse dos acusados.

Nas gravações, devidamente autorizadas pela Justiça, foi possível identificar o local onde os suspeitos se escondiam, bem como que os mesmos haviam encomendado documentos falsos para possível fuga”, disse.

O delegado não divulgou em qual cidade do Estado de Goiás os irmãos foram presos e nem o nome do terceiro acusado de envolvimento no crime, a fim de preservar as investigações. A chegada de Janes e Ricardo está prevista para esta segunda-feira, 14. Os irmãos foram presos mediante mandado de prisão temporária e responderão pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte) e ocultação de cadáver.

Dr. Jakcson esclareceu que logo que foi identificado que os acusados do crime estavam em Goiás, o Delegado de Polícia, Rafael Fortes Falcão e os agentes da Polícia Civil Eleandro e Reinaldo, se dirigiram àquele Estado para acompanhar o caso.

O êxito das prisões só foi possível por que contamos com o apoio da DEIC (Delegacia Especializada em Investigações Criminais) de Goiás. Quando as investigações do envolvimento da terceira pessoa presa forem concluídas o nome será divulgado”, concluiu Jackson. (Da Ascom SSJC)

AO VIVO