Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
32ºmax
23ºmin
SEQUESTRO

Coronel da PM e bando mantém homem refém por 4 horas

25 março 2011 - 11h57

Stoff Vieira
Colaborador

 

Policiais do Grupo Antissequestro prenderam um bando de acusados de manter um comerciante refém por 4 horas e ainda agredí-lo fisicamente. O ocorrido aconteceu na capital do estado de Goiás, Goiânia.

Douglas Pedrosa, chefe de polícia do Grupo Antissequestro afirmou que o grupo era formado por cinco pessoas, entre eles um coronel reformado da Polícia Militar do Goiás indentificado como Santos. O coronel e outras três pessoas foram presas, um outro militar se encontra foragido.

A vítima, que preferiu não ser indentificado, relatou no depoimento que comprou uma fazenda em 2004 no valor de R$ 1,4 milhão e que teria ficado devendo uma parcela e a divida motivou a ação do bando.

Há algum tempo, a vítima e familiares dela, vinham recebendo ameaças para que fosse feita a quitação da dívida.

A ação do bando aconteceu na última quarta-feira, 23, por volta das 7 horas no setor do rodoviário. A vítima conduzia um Uno quando três homens, encostaram ao lado do veículo do mesmo, em um Gol de cor preta e dispararm vários tiros contra o pneu do veículo.

O homem foi levado até uma residência onde funciona uma agência de cobrança e a familia denunciou o caso à polícia, que resultou na prisão dos acusados.

AO VIVO