Menu
Busca segunda, 13 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
20ºmin
TOCANTINÓPOLIS

Traficante é preso em aldeia Apinajé

14 abril 2011 - 09h41

Foi deflagrada pela Polícia Federal, sob responsabilidade do delegado Omar Peplow, na quarta-feira, 13, a operação “Reserva Limpa”, em Tocantinópolis, para cumprir cinco mandados de busca e apreensão na aldeia indígena Apinajé.

Na operação foi preso um homem “não índio”, acusado pela própria comunidade de plantar maconha e vender o produto para as cidades circunvizinhas.

Segundo o delegado, a denúncia foi feita pelos Apinajés. “Eles estavam se sentindo incomodados com a presença de um não índio ao cultivar uma plantação de maconha e provavelmente vendendo para cidades vizinhas”, disse o delegado, acrescentado que o acusado já tinha passagem pela PF por tráfico de drogas.

Além disso, Peplow informou também que a plantação foi destruída parcialmente, que foi apreendida uma arma de fogo e 60 gramas da droga, em poder do acusado.

O “não índio” foi conduzido para da PF de Araguaína para que fosse realizado o flagrante. Ele está detido em Tocantinópolis. A PF não divulgou o nome do acusado por medida de segurança.

O acusado vai responder pelos crimes de trafico de entorpecentes e pelo porte ilegal de arma.(Do Folha do Bico)


AO VIVO