JBS Coronavírus
Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
21ºmin
AÇÃO POLICIAL

Ação integrada da Polícia Civil liberta refém e prende seqüestradores

18 abril 2011 - 09h52

Em mais uma ação de inteligência, integração e sigilo absoluto a Polícia Civil do Tocantins libertou um refém e prendeu em flagrante quatro seqüestradores, na madrugada deste sábado, 16, em Anápolis, GO.

No dia 12 de abril, por volta das 12h50, quando estava a caminho da escola, o adolescente V.F.V , de 12 anos, filho de um empresário, proprietário de um posto de combustível, foi seqüestrado na cidade de Dianópolis, To.

Como de costume, naquela tarde, o garoto almoçou com o pai no posto de combustível da família e se dirigiu à escola, localizada a aproximadamente 1.000 metros do local, momento em que o adolescente foi levado pelo bando. Um dos seqüestradores, que se apresentou por Renato, morador de Barreiras – BA, fez o primeiro contato, por telefone, às 18h45. Anunciou o seqüestro, ordenou que nada fosse divulgado e ameaçou que caso o valor estabelecido para o resgate não fosse pago, a família jamais veria o menino.

A Polícia Civil de Dianópolis foi acionada às 19h45 do mesmo dia e imediatamente as investigações começaram entre os policiais da 8ª Delegacia Regional da Polícia civil – DRPC – Dianópolis, o Grupo de Operações Táticas Especiais – GOTE e a Diretoria de Inteligência da Polícia Civil. Neste trabalho integrado foi instalado um Centro de Comando das Operações na sede da 8ª DRPC de onde foram gerenciadas e concentradas todas as informações obtidas.

Com o avanço das investigações, no dia 14 foi possível identificar o cativeiro em Anápolis – GO, momento em que a equipe do Tocantins acionou o Grupo Anti-seqüestro do Estado de Goiás – GAS. Simultaneamente, equipes da polícia Civil - TO se deslocaram para promover as ações integradas naquele Estado. Com a chegada dos policiais foi montado o cerco e a captura do cativeiro e às supostas residências dos seqüestradores. Nesta madrugada, 16 de abril, como resultado dos trabalhos, o jovem foi resgatado e quatro homens presos em flagrante.

Um avião já se deslocou a Goiânia para buscar o menor que viajará para o Tocantins acompanhado do Delegado Geral da Polícia Civil, Dr. João Luiz Pompeu de Pina. Os envolvidos, Éverson Pedrosa, Hudson da Nobre Gomide, Euler Martins de Carvalho e um adolescente, foram autuados por Extorsão Mediante Seqüestro e encaminhados ao GAS de Goiânia. O menor infrator será guiado às autoridades competentes. (Da Ascom SSJC)


 

AO VIVO