JBS Coronavírus
Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
20ºmin
TRABALHO OSTENSIVO

Delegacia Estadual de Investigações reforçará o combate ao crime no Tocantins

26 abril 2011 - 18h19

O Secretário da Segurança, Justiça e Cidadania, João Costa, inaugurou na manhã desta terça-feira, 26, a Delegacia Estadual de Investigações Criminais Complexas – DEIC. A unidade vai orientar, coordenar, supervisionar e executar, em cooperação com outros departamentos da Polícia Civil, as atividades da polícia no Estado.

A DEIC é composta pelo Grupo de Repressão a Entorpecentes – GRE, Grupo de Repressão a Homicídios – GRH, Grupo de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública, ao Crime Organizado e a Lavagem de Dinheiro – GRACOL, Grupo Antirroubo a Bancos - GAB e o Grupo Antissequestro- GAS.

De acordo com o Secretário João Costa, o Tocantins ainda é um estado tranqüilo, mas é preciso estar preparado para a vinda de criminosos de outros estados. “A DEIC veio para atuar em qualquer parte territorial do Tocantins, apoiando e contribuindo com o Delegado Regional nas investigações e no combate ao crime organizado”, disse.

Segundo o Secretário, os Policiais Civis que vão compor os grupos da nova delegacia serão escolhidos pelos Delegados. Serão profissionais preparados e que tenham vocação para a área. Todos serão qualificados para que o seu conhecimento seja otimizado.

O Delegado Geral da Polícia Civil, João Pina, contou que a quantidade de extorsões mediante seqüestro ocorridos no Tocantins no ano de 2011 e a quantidade de roubos a Bancos no ano de 2010 e em 2011 justificam a necessidade da criação da DEIC.

“Somente neste ano (2011) foram duas extorsões mediante seqüestro. Uma em Araguaína e outra no município de Novo Jardim. A Polícia Civil conseguiu realizar um excelente trabalho de inteligência identificando o cativeiro e libertando a vítima. Quanto ao roubo a bancos em 2010 foram 11, e nos primeiros meses de 2011 já foram quatro”, disse Pina.
O delegado titular da Delegacia Estadual de Investigações Criminais Complexas será o Dr. Evaldo de Oliveira Gomes. Para ele, o modelo já foi estudado e vem dando bons resultados nos Estados em que foram implantados.

O Delegado Adriano Carrasco dos Santos, assumirá o Grupo de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro / GRACOL. O Doutor Hudson Guimarães Leite, comandará o Grupo de Repressão a Homicídios/GRH, e o delegado Rossílio Souza Correia, o Grupo de Repressão a Entorpecentes/GRE.

A nova estrutura prevê a criação de pólos da DEIC para atender a população, sendo o principal objetivo da reestruturação, otimizar o emprego dos recursos públicos e melhorar a qualidade do serviço oferecido à sociedade.

Serão disponibilizados à sociedade dois Núcleos Regionais da Delegacia Especializada em Investigações Criminais, o Núcleo Norte – DEIC-Norte, que terá sua sede em Araguaína e atuará nas áreas circunscricionais da 1º, 2º, 7º e 10º Delegacias Regionais de Polícia Civil. Já o Núcleo/Sul – DEIC-Sul, com sede em Gurupi irá abranger as áreas circunscricionais da 3º, 8º, 9º e 12º Delegacias Regionais de Polícia Civil.

Também prestigiaram a inauguração da DEIC da SSJC entre outros: o subsecretário da Polícia Civil, Nelson Tavares; o subsecretário da Polícia Comunitário, TC Jaizon Veras; os Delegados Regionais de Polícia do interior; os Delegados de Polícia das Circunscricionais; os Delegados das Especializadas; diretores; coordenadores; agentes e escrivães de polícia. (Da Ascom SSJC)

AO VIVO