Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
37ºmax
22ºmin
ALVORADA

Mercadorias sem nota fiscal são apreendidas

03 maio 2011 - 16h57

O Fisco da regional de Alvorada realizou operações onde foram detectadas mercadorias transportadas sem a devida documentação fiscal. As mercadorias são bebidas alcoólicas, confecções, perfumes, elevador e gado. As fiscalizações ocorreram no último final de semana no Posto Fiscal de Talismã, através do Comando Volante nas cidades de Araguaçu, Palmeirópolis e Jaú do Tocantins.

No Posto Fiscal de Talismã, o valor das mercadorias chegou a mais de R$ 184 mil. Deste montante, mais de R$ 145 mil é referente a um elevador que foi retido com a Nota Fiscal Eletrônica cancelada. Com origem no Paraná, a mercadoria tinha o Piauí como destino. Este contribuinte tem 20 dias para fazer a regularização. Bebidas alcoólicas, no valor aproximado de R$ 39 mil, estavam sem documentação fiscal. A carga foi regularizada e liberada após o pagamento de multa.

Outra ação ocorreu em Araguaçu, onde foram interceptados dois caminhões transportando gado sem as respectivas notas fiscais internas. A carga foi regularizada e liberada após o pagamento de multa formal. Já em Palmeirópolis, na região Sudeste, foi interceptada uma camionete com confecções e perfumes, totalizando o valor de R$ 12 mil. Após o pagamento de multa o carregamento foi liberado.

De acordo com o delegado da Receita Tributária de Alvorada, Marcos Henrique Camargo, o Fisco tocantinense está vigilante e atuante para coibir a sonegação fiscal, mas, segundo ele, a sociedade também pode ajudar no desempenho dessa tarefa. “Comprar em comércio legalmente estabelecido e exigir a Nota Fiscal ou Cupom Fiscal. Com esta atitude
o ICMS arrecadado retornará em forma de benefícios
”, esclarece o delegado. (Wilson Coelho/Ascom Sefaz)

AO VIVO