Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
37ºmax
22ºmin
AÇÃO POLICIAL

Preso suspeito de assaltar casa lotérica no início da semana

19 maio 2011 - 09h49

Daniel Lélis
Da Redação


Foi preso na noite de ontem, dia 18, Valdir Barbosa Pereira, 28 anos, suspeito de assaltar uma casa lotérica, Santa Fé, no Bairro São João. O crime aconteceu por volta das 11h da manhã de terça-feira, 17, e foram roubados R$ 6.000,00 do estabelecimento.

A Polícia Militar chegou até o acusado através de denúncias feitas por pessoas que moram nas proximidades da residência de Valdir, localizada no setor Araguaína Sul. De posse dessas informações, a PM foi até a casa do suspeito e depois de questioná-lo sobre o roubo, fez uma busca no local, encontrando duas armas de calibre 38, 11 cápsulas, 165 reais, comprovantes de saques bancários, além de notas fiscais de compras realizadas nos últimmos trinta dias.

De acordo com a polícia, a quantidade considerável de movimentações bancárias feitas por Valdir nos últimos dias e as dezenas de notas fiscais atestando a compra recente de móveis são indícios que fazem do mesmo, o principal suspeito de roubar a Lotérica no início da semana. Além disso, a polícia suspeita que o acusado tenha realizado outros roubos na cidade.

Cárcere privado
Na casa do acusado, a Polícia Militar também encontrou uma mulher que estava desaparecida desde a tarde de terça-feira, 16. Segundo ela, Valdir teria a atraído com uma oferta de emprego. “Fui atrás de trabalho, mas quando cheguei lá, ele (Valdir) me trancou dentro do quarto e pediu que eu tirasse o chip do meu celular", disse a mulher de 23 anos que preferiu não se identificar. 

Presa e incomunicável, o desaparecimento da vítima despertou a preocupação de seu marido com quem é casada há dez anos e tem três filhos. Em entrevista à nossa reportagem, o marido que é motorista e também teve sua identidade preservada, disse ter procurado a Delegacia de Plantão de Araguaína na mesma noite e registrou um Boletim de Ocorrência relatando o desaparecimento da esposa. Aliviado ele conta que isso nunca havia acontecido: "Minha mulher nunca passou a noite fora de casa, sempre que eu chego do trabalho ela está lá por isso desconfiei do sumiço, mas graças a Deus"tá" tudo bem agora que encontraram ela".


Valdir deve responder pelos crimes de roubo e cárcere privado. Além da suspeita de participação dele em outros delitos ocorridos na cidade a polícia também levanta a hipótese de existência de uma quadrilha da qual o acusado faz parte. A polícia ainda afirma já estar colhendo informações para efetuar a diligência em busca dos suspeitos.
 

AO VIVO