Menu
Busca quarta, 11 de dezembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
32ºmax
22ºmin
Ethos Comunicação
Assembleia Legislativa

Bandidos assaltam agência bancária no Sul do Estado

25 novembro 2010 - 13h30

O sul do Estado voltou nesta terça-feira, 23, a registrar um assalto a banco com seqüestro de policiais militares, uso de explosivos e incêndio de veículo utilizado para a fuga. Desta vez, o crime aconteceu na agência do Banco do Brasil da cidade de Palmeirópolis, a 459 km da Capital.

Conforme as informações passadas pelas polícias Civil e Militar, o assalto foi realizado por volta das 15h: 30. Um grupo com seis homens armados invadiu o prédio do banco e após atirar nos vidros, utilizaram uma bomba para explodir caixa eletrônico dentro do banco.

Para cometer o assalto, os criminosos usaram dois veículos. Uma caminhoneta e uma Fiurino. A caminhoneta foi roubada cerca de 30 minutos antes, de um vizinho do Pelotão da Polícia Militar da cidade. Ao roubar o veículo, os bandidos fizeram reféns três policiais militares. Além disso, eles roubaram quatro pistolas, um fuzil e todo o estoque de munições estocadas do pelotão da PM.

A exemplo do que ocorreu nos outros assaltos no Sul do Estado, mais uma vez os bandidos não feriram qualquer pessoa e tampouco maltrataram os reféns.

O grupo fugiu por uma estrada de chão para fora da cidade. Depois de percorrer cerca de 30 quilômetros, os assaltantes libertaram os seqüestrados. Na sequência, o grupo criminoso ateou fogo na Fiurino e abandonou a caminhoneta. O valor roubado ainda não foi divulgado.

Policiais de cidades vizinhas, inclusive de Minaçul (GO), foram acionados para o trabalho de buscas. Segundo informação extraoficial fornecida pela Delegacia de Polícia Civil de Palmeirópolis, contando com PMs, cerca de 150 policiais estavam trabalhando nesta quarta-feira, 24, à noite, na tentativa de prender os bandidos. A fonte policial informou ainda que as autoridades acreditam, que o crime foi praticado pelo mesmo grupo que atuou nos outros assaltos.


Método

Como nos assaltos anteriores, os assaltantes na prática do crime, seqüestraram policiais militares. Novamente a fuga ocorreu por estrada de chão e o automóvel utilizado para a ação foi incendiado. O alvo escolhido também se repetiu, a agência do Banco do Brasil, no interior do Estado.

Fonte: Daniel Machado e Isabella Bento
 



AO VIVO