Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
22ºmin
ANANÁS

Veterinário acusado de abuso continua foragido

29 novembro 2011 - 08h46

A operação da Polícia Civil liderada pelo delegado, Afonso José Azevedo de Lyra Filho, deflagrada na quinta-feira, 23, por determinação da Justiça, que expediu 3 mandados de prisão e 1 de busca e apreensão contra o professor, Volmar Pires Carvalho, o bacharel Moises Coelho Gusmão e o veterinário Alexandre Paes da Cunha, conseguiu prender os dois primeiro, o médico veterinário não foi encontrado até agora, sendo considerado foragido da Justiça.

Segundo informações obtidas pela Folha do Bico, Alexandre estaria negociando com seus advogados e parte da família a apresentação espontânea, mas outra parte da família estariam refutando a idéia, por acreditar que seria possível conseguir alguma medida judicial suspendendo a prisão.

A delegado, Afonso José, confirmou que parte da família estaria agindo para que Alexandre se entregue logo, porém, o acusado ainda reluta da idéia. O delegado disse ainda que foi remetido a Polícia Civil de Araguaína o mandado de prisão contra o veterinário, e que os policiais estão investigando o paradeiro de Alexandre.

Os outros 2 acusados, Volmar Pires e Moisés Coelho continuam presos na cadeia pública de Ananás em cela especial, por possuírem formação superior. Ambos ainda não receberam visitas de parentes, apenas dos advogados. A partir deste sábado, 3 de dezembro, Volmar e Moisés poderão receber visita de amigos e familiares. (Folha do Bico)

AO VIVO