Menu
Busca sexta, 20 de setembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
36ºmax
23ºmin
ToledoFibra
ARAGUAÍNA

Polícia Civil cumpre mais dois mandados contra alvos de operação que investiga funcionalismo fantasma no Estado

17 junho 2019 - 20h43

Policiais Civis da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC), Núcleo Norte, de Araguaína, coordenados pelo delegado José Anchieta de Menezes Filho, deflagraram, na manhã desta segunda-feira (17), no município do Norte do estado, uma nova etapa da operação Catarse, onde foram cumpridos dois mandados judiciais de busca e apreensão em desfavor de dois suspeitos de crimes contra a administração pública na extinta Secretaria Geral de Governo.

De acordo com o delegado, os policiais civis foram até dois endereços localizados no setor Noroeste e também no Centro da cidade, onde cumpriram os referidos mandados. Na região Central da cidade, em propriedade de um cabeleireiro de iniciais F.B.S, foram apreendidos documentos que comprovaram, em tese, sua lotação no extinto órgão, entre os meses de março e dezembro de 2018, tendo recebido mais de R$ 18 mil reais, sem a devida contraprestação pelos serviços públicos pagos. O segundo investigado, de inicias L.A.A.F, teria sido contratado no mesmo período do ano de 2018, recebendo proventos na ordem de mais de R$ 28 mil reais, tambem sem a comprovação do exercício de suas funções públicas.

Após o cumprimento das ordens judiciais, os dois indivíduos compareceram até a sede da DEIC-NORTE, acompanhados de advogados, mas ao serem ouvidos pela autoridade policial, se reservaram ao direito de permanecer em silêncio.

O inquérito que apura as condutas dos dois suspeitos permanece em tramitação e, tão logo, seja concluído, será enviado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público Estadual para as providências cabíveis.

Ao Vivo