Menu
Busca segunda, 10 de maio de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
19ºmin
FLAGRANTE

Polícia desmonta casa alugada que funcionava como centro de distribuição de drogas

19 abril 2021 - 19h51Por Redação

Em ação de combate ao tráfico de drogas, a Polícia Civil apreendeu na noite deste domingo, 18, em Paraíso do Tocantins, maconha, cocaína e crack, em uma residência, a qual já vinha sendo monitorada pela Polícia Civil.

Também relacionado a este caso, a Polícia Militar efetuou na tarde do domingo próximo a um posto de combustível a prisão de três homens, que estariam transportando 3,1 quilos de cocaína e R$ 1.476,00 reais em espécie. A droga apreendida pela PM teria saído da mesma casa onde os agentes fizeram a apreensão à noite.

De acordo com o delegado-chefe da 6ª  Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (Deic), Hismael Athos, após intensas investigações a Polícia Civil identificou que um grupo teria alugado uma residência que serviria para armazenar, fabricar e distribuir entorpecentes.  O Delegado explicou que a droga apreendida pela Polícia Militar e Civil era proveniente da residência usada como ponto de distribuição.

O local foi desmontado resultando na apreensão de quase um quilo de droga. O delegado Hismael Athos explicou que as investigações seguirão para que seja apurada a autoria dos fatos e os envolvidos devidamente punidos.

Apreensão da Polícia Militar

Na tarde deste domingo, 18, a Equipe do Grupo de Operações com Cães da Polícia Militar (GOC), com apoio da ALI do 1° BPM e com apoio das ALI do 4° BPM e 8° BPM, realizou deslocamento até a cidade de Paraíso para bloquear e interceptar um Gol Branco que iria receber uma quantidade de entorpecente de um caminhoneiro.

Ação da PM

O veículo onde estavam os dois homens presos em flagrante pela Polícia Militar foi abordado nas proximidades de um posto de combustível, onde o terceiro indivíduo que estava no caminhão também acabou preso. A Equipe do Grupo de Operações com Cães (GOC) encontrou um tablete de substância análoga à cocaína. Em ato contínuo foram empregados os cães de detecção "Killer " e "Sniper" que localizaram uma pequena porção no veículo e mais dois tabletes na cabine do caminhão.

De acordo com as informações da PM, o motorista do caminhão alegou que entregaria o restante entorpecente na cidade de Castanhal-PA. Diante dos fatos, os abordados, junto com o entorpecente foram conduzidos até uma delegacia em Paraíso do Tocantins, onde foi lavrado o Auto de Prisão em Flagrante.

AO VIVO