JBS Coronavírus
Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
21ºmin
INVESTIGAÇÃO

Suspeito de matar ex-policial federal na frente do neto é preso em Araguaína

02 maio 2020 - 18h52Por Com informações do G1

A Polívia Civil prendeu em Araguaína, no Norte do Estado, um suspeito de matar a tiros no mês passado, um ex-policial federal em Goiás.

Ivan de Sousa Marques (32 anos) foi preso durante uma operação conjunta entre as polícias do Tocantins e Goiás em cumprimento a um mandado expedido pela Justiça, no momento em que fazia um serviço de pintura em um estabelecimento no setor Entroncamento.  

Entenda o caso

O ex-policial federal Sílvio José Dourado (53 anos), foi assassinado no último dia 17 de abril, em um semáforo de Goiânia. O crime foi registrado por uma câmera de segurança. O atirador estava em uma motocicleta. Ao parar no semáforo o homem desceu da moto, foi até o vidro do carro da vítima e atirou.

Ferido, o ex-policial ainda acelerou o veículo, atravessou a Avenida Circular e bateu em uma banca de verduras do Mercado Municipal. Ele morreu no local. O neto do ex-policial, que estava no banco de trás, ficou ferido com estilhaços do vidro.

Depois do crime a Delegacia de Homicídios de Goiás começou a investigar o caso e localizou o suspeito em Araguaína. 

A Polícia Civil do Tocantins informou que teve acesso aos antecedentes criminais do suspeito e descobriu que ele possuía outros quatro mandados de prisão, todos por homicídio. Um em Porto Nacional e três de Xinguara (PA).

 A prisão ocorreu na sexta-feira (1°) e o suspeito foi entregue neste sábado (2) à uma equipe da polícia de Goiás e transferido para Goiânia.

AO VIVO