Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
23ºmin
NORTE DO TOCANTINS

Suspeito de participar de chacina no Pará é preso no Tocantins quando fugia com mulher e criança

21 setembro 2021 - 18h48

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) cumpriu mandado de prisão expedido em desfavor de um homem de 28 anos suspeito de participar da chacina que deixou 5 mortos em Parauapebas-PA. 

A equipe da PRF foi informada pela Polícia Civil do Pará que um dos suspeitos estava tentando fugir do PA e que passaria pelo Tocantins, sentido Goiás. Diante das informações, a equipe da PRF deslocou-se até Colinas do Tocantins, local em que conseguiu identificar o veículo em que o suspeito estaria fugindo. 

Ao abordar o veículo com as mesmas características, foi identificado no seu interior 3 adultos e uma criança. O motorista alegou ser motorista de aplicativo e que teria sido contratado para levar o casal e a criança até Goiás. Em seguida, uma equipe da Polícia Civil do Tocantins também chegou ao local e colaborou com a condução da ocorrência. 

Desta forma, o mandado de prisão expedido pela justiça de Parauapebas-PA foi cumprido. 

Ademais, com a mulher foi encontrada porção de maconha, sendo então lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência pelo delito de Porte de Drogas para Consumo. 

Por fim, o motorista do veículo foi ouvido como testemunha na Central de Flagrantes.

Entenda o caso

Cinco corpos foram encontrados na tarde do último dia (15), em uma área de mata em Parauapebas. Eles estavam enfileirados e com as mãos cortadas e foram encontrados por um pescador. As vítimas estavam desaparecidas desde a última segunda (13).

Os corpos estavam no quilômetro 10 do ramal ferroviário Serra Sul. As vítimas eram quatro homens e uma mulher.

As vítimas foram identificadas como Thawanne Dias de Jesus; Jefferson Santos de Andrade; Antônio Carlos Chaves Sousa; Felipe Silva de Carvalho; e Marcos Antônio de Oliveira Andrade.

A polícia informou inicialmente que a o crime pode ter sido incentivado por disputa entre facções criminosas. Em nota, a Polícia Civil informou que equipes fazem buscas na região para identificar os envolvidos nos cinco homicídios.

*Com informações do G1 Pará

AO VIVO