Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Plantão 190

Acusado de matar a própria esposa em Goiás é preso em Palmas

04/02/2014 08h08 | Atualizado em: 04/02/2014 08h13

Divulgação/Polinter TO

Edivaldo estava foragido da justiça e morava a aproximadamente seis anos em Palmas.

Da Redação


Edivaldo Alves dos Santos, 34 anos, foi preso na tarde dessa segunda-feira, 3, em Palmas por agentes da Polícia Civil, que atuaram em cumprimento a um mandado de prisão expedido pelo Juízo Criminal da Comarca de Aparecida de Goiânia.

Segundo a polícia, Edivaldo é acusado de ter assassinado a própria esposa com um tiro de espingarda calibre 20. O crime acontece em 2002, depois de uma briga motivada por ciúmes. Na época, Edivaldo foi preso, mas fugiu para o município de Itacajá e de lá para Colinas do Tocantins. Poucos meses depois, o acusado veio para Palmas, onde morava há aproximadamente seis anos e tinha uma vida normal, ele atualmente trabalhava como pedreiro durante o dia e durante a noite trabalhava em uma pizzaria.

A polícia chegou ao acusado após contato do Delegado de Aparecida de Goiânia contato com a Polinter em Palmas, informando que Edivaldo era foragido da Justiça Goiana e estaria morando na capital tocantinense. De posse das informações e sob o comando do Delegado Reginaldo de Menezes Brito, policiais encontraram o acusado que estava trabalhando no momento da prisão.

Edivaldo foi encaminhado para a Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerá a disposição do Poder Judiciário de Goiás, para onde deverá ser recambiado.


Compartilhe

Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade de seus autores, não havendo nenhum vínculo de opinião com a Redação da equipe do Portal O Norte

Publicidade
Publicidade

Facebook

Twitter

Vc é o Repórter

Tem uma reportagem, fotos, vídeos, histórias ou curiosidades?

Mande para nossa redação. Seja você o REPÓRTER.