Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Plantão 190

Acusado de agredir e mastigar as orelhas de sua companheira é preso

21/03/2014 08h54 | Atualizado em: 21/03/2014 12h28

Ascom SSP

João Batista Ramos Pereira, de 54 anos, foi preso na última terça-feira

 Da Redação
 

João Batista Ramos Pereira, 54 anos, suspeito de mastigar as orelhas de sua companheira de 42 anos, foi preso na última terça-feira, 18, em Barrolândia, região central do Estado. A polícia procurava o acusado desde o dia 4 de março, após ele ter cometido o crime e se evadido do local. Pereira foi encontrada na casa de sua irmã, onde estava escondido.

A prisão preventiva foi dada pela Comarca de Guaraí, após a família da vítima ter registrado ocorrência na delegacia da cidade. Os policiais localizaram Pereira depois de receber informações de que ele estaria escondido em Barrolândia. No momento da prisão, ele não reagiu. O suspeito foi encaminhado para a Cadeia Pública do município e aguarda ser transferido para Guaraí.

Da Violência

Uma mulher foi vítima de violência doméstica na cidade de Guaraí. Ela foi agredida pelo marido com socos, chineladas e até pontapés. A vítima de 42 anos, também teve as orelhas mastigadas pelo companheiro com quem viveu por dois anos. Segundo informações a mulher deu entrada na unidade hospitalar muito debilitada. O rosto estava inchado, as orelhas com vários cortes por causa das mordidas e uma delas não tem como reconstruir.

O acusado é seu marido, João Batista Ramos, 54 anos, de acordo com informações ele estava alcoolizado quando cometeu as agressões e teria deixado à mulher machucada em casa e saído para trabalhar, como se nada tivesse acontecido. A vítima relatou que não é a primeira vez que sofre agressões e pensou que o agressor iria mata-la.

 

Compartilhe

Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade de seus autores, não havendo nenhum vínculo de opinião com a Redação da equipe do Portal O Norte

Publicidade
Publicidade

Facebook

Twitter

Vc é o Repórter

Tem uma reportagem, fotos, vídeos, histórias ou curiosidades?

Mande para nossa redação. Seja você o REPÓRTER.