Menu
Busca sábado, 07 de dezembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
33ºmax
22ºmin
Ethos Comunicação
Assembleia Legislativa
TOCANTINS

Polícia Civil desvenda homicídio e prende autor horas depois do crime

08 agosto 2019 - 12h48

A Polícia Civil do Estado do Tocantins solucionou, em menos de 6 horas, um homicídio qualificado praticado na madrugada desta quarta-feira (07), em Guaraí.

De acordo com o delegado titular da Delegacia Especializada em Investigações Criminais - DEIC, de Guaraí, Adriano Carrasco, após tomar conhecimento do encontro do corpo de Lázaro de Sousa Fontes de, 23 anos, na manhã do dia do crime, foi realizado atendimento no local pela equipe plantonista de policiais civis, comandada pelo delegado Gustavo Henrique, o qual adotou todos os procedimentos necessários para dar início às investigações.

Em seguida, a equipe da DEIC, coordenada pelo delegado Adriano Carrasco, iniciou os levantamentos, sendo que poucas horas depois, descobriu a autoria e a localização do suspeito, possibilitando sua prisão ainda em flagrante delito. No mesmo local da prisão foi encontrada a arma do crime: um machado.


Durante sua prisão, o indivíduo de iniciais R.L.C., de 23 anos de idade, não só admitiu a prática do crime como deu detalhes da execução, apresentando como justificativa "um suposto furto de R$ 50,00, que teria sido praticado, há 3 meses, pela vítima, o que gerou um sentimento de vingança em R.L.C”, disse o delegado Adriano.

Adriano Carrasco também ressaltou que, durante as investigações, os policiais civis da DEIC-Guaraí conseguiram traçar a dinâmica do crime. “Descobrimos que, ainda na madrugada, por volta das 4h, R.L.C, armado com uma faca, o autor invadiu a residência da vítima, com a intenção de assassiná-la. No entanto, ao perceber a aproximação do autor, Lázaro acordou e entrou em luta corporal com o agressor, mas recebeu a primeira facada. Em seguida, para tentar se defender, a vítima se apossou de um machado, que foi tomado pelo autor, sendo desferidos três golpes contra a cabeça da vítima, causando sua morte quase que de forma instantânea” frisou o delegado.

Após ser capturado, R.L.C foi conduzido à Central de Atendimento da Polícia Civil, em Guaraí, e, após a realização dos procedimentos legais cabíveis, recolhido à Casa de Prisão Provisória de Guaraí, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário local. 

AO VIVO