Menu
Busca sexta, 20 de setembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
36ºmax
23ºmin
ToledoFibra
EM ARAGUAÍNA

Suspeito de filmar execução e roubar Corolla se esconde debaixo de cama

21 maio 2019 - 23h04

Uma ação de combate à criminalidade deflagrada pela Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), de Araguaína, com apoio de agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) e da Delegacia de Repressão a Roubos (DRR) daquele município, na manhã desta terça-feira (21), resultou na prisão de um indivíduo de iniciais Flávio Barroso Lopes, vulgo ‘Sucesso”, de 27 anos.


Fábio Lopes é conhecido pelo apelido de "Sucesso".

Ele é suspeito do homicídio de Mateus Almeida da Silva, também conhecido como “Coladinho”, em 28 de março de 2017, em Araguaína. Lopes também é investigado por outros assassinatos na cidade e foi capturado mediante cumprimento a mandado de prisão temporária.


Silva foi brutalmente assassinado. (Reprodução)

De acordo com o delegado Alexander Pereira da Costa, o crime teia sido motivado por uma disputa entre facções criminosas rivais, sendo que a vítima foi brutalmente espancada e morta com vários disparos de arma de fogo, a queima roupa. “Trata-se de um crime com requintes de crueldade e que chocou a população de Araguaína, isso porque o autor gravou a execução e o vídeo com as cenas do assassinato se espalhou pela cidade, o que demonstra o alto grau de periculosidade do suspeito”, ressaltou.

Ainda segundo o delegado, logo após o crime, Flávio Lopes chegou a ser preso, mas depois de alguns meses foi colocado em liberdade, fato que coincidiu com uma onda de homicídios ocorridos na cidade. "Há indícios de que ele pode estar envolvido diretamente em pelo menos dois homicídios praticados em Araguaína nos últimos meses", frisou.

De acordo com o delegado titular da DHPP, José Rerisson Macedo Gomes, o indivíduo mas estava sendo monitorado sendo que as investigações da delegacia especializada apontaram que, de fato, Lopes era o autor do crime. "Com base nas investigações, representamos pela prisão do suspeito, o qual estava envolvido no roubo do carro, em Tocantinópolis e foi capturado enquanto se escondia debaixo de uma cama em sua residência", disse o delegado.

Lopes foi preso depois que os policiais civis da 1ª DRPC iniciaram investigações para apurar sua participação em um roubo de um veículo, na cidade de Tocantinópolis, na noite da última segunda-feira (20), quando dois indivíduos renderam a vítima no momento em que ela chegava em sua residência e fugiram levando o carro. O veículo foi localizado e apreendido poucas horas depois, quando os criminosos, que estavam sendo perseguido pela polícia, abandonaram o carro em trecho da BR 153, na cidade de Wanderlândia. Na ocasião, eles trocaram tiros com os policiais civis, Mas conseguiram fugir adentrando em um matagal.

O delegado Guilherme Torres, um dos coordenadores da ação, enfatizou que as as investigações continuam no sentido identificar a participação do homem em outros homicídios praticados na cidade.

Assim que tomaram conhecimento do crime, os policiais civis da DEIC, DHPP e DRR levantaram fortes indícios de que Lopes seria um dos criminosos. “Há suspeitas de que o autor tenha participado do roubo, uma vez que o documento do indivíduo estava dentro do Toyota Corola roubado. Intensificamos as investigações durante toda a madrugada e descobrimos que ele estaria escondido em uma residência no setor Lago Azul III, onde efetuamos sua prisão", ressaltou o delegado.

Após os procedimentos legais cabíveis, F.B.L foi recolhido à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.  

Ao Vivo