Palmas
21º
Araguaína
28º
Gurupi
25º
Porto Nacional
21º
"EXPERIÊNCIA E CREDIBILIDADE"

Irajá confirma apoio a Damaso e diz que falou com mais de 80 prefeitos antes de tomar decisão

05 julho 2022 - 08h46Por Assessoria

Sob o comando do senador Irajá Abreu, o PSD anunciou, nesta segunda-feira, 4, que apoiará a pré-candidatura de Osires Damaso (PSC) ao governo do Tocantins. O anúncio foi feito durante entrevista coletiva à imprensa, realizada no Hotel 10 Palmas, na capital. O evento reuniu dezenas de lideranças políticas do Estado e representou uma importante demonstração de força da pré-campanha de Damaso, que tem angariado novos apoios a cada dia.

“A confiança que você inspira no Estado, na sua base eleitoral, com seus prefeitos, nos seus negócios, sua biografia que inspira qualquer tocantinense, do mais humilde até os grandes formadores de opinião, a credibilidade que você construiu no Tocantins, tudo isso me deixa muito à vontade e confortável de poder hipotecar o meu apoio à sua pré-candidatura”, destacou Irajá.

O senador ressaltou ainda que consultou todo o partido, fez reuniões com os pré-candidatos a deputado federal e estadual da legenda e ligou para cada um dos prefeitos que estão na sua base antes de fechar o apoio à pré-campanha de Damaso. “Conversei, entre ontem e hoje, com quase 80 prefeitos. Fiz questão de ligar de um por um: 52 prefeitos do PSD e 30 do Progressistas para consultá-los sobre a decisão que nós devíamos tomar. E, fiquei muito surpreso pela credibilidade que você tem junto à opinião política do Estado do Tocantins”, disse Irajá a Damaso.

O senador fez questão também de explicar porque não apoia a reeleição do governador Wanderlei Barbosa (Republicanos). “Eu não acredito nesse governo. É um governo ema: perdido e sem direção. É assim que está o governo hoje e é assim que ele vem se comportando ao longo de praticamente oito meses”, afirmou Irajá. E completou: “É um governo que está dentro de um transatlântico de um grande cruzeiro mas se comportando como se estivesse sentado numa canoa na beira do rio, e não é isso que o Tocantins espera e merece”.

Antes de concluir sua fala, o senador frisou que o PSD é uma das principais legendas do Estado e conta com 52 prefeitos, 64 ex-prefeitos, 135 vereadores e 16 vice-prefeitos. Além disso, lembrou Irajá, com o apoio de cinco partidos importantes – PSC, PSB, PRTB, Avante e PSD – Damaso conta, hoje, com “um exército de aproximadamente 150 pré-candidatos a deputados estaduais e federais nestas eleições, se somarmos as chapas proporcionais”.

Em seu discurso, Damaso agradeceu a confiança depositada por Irajá em seu projeto de governo para o Tocantins e convidou o senador para assumir a coordenação política da pré-campanha. Agradeceu também o apoio do deputado estadual Júnior Geo; do ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha que é presidente estadual do PSB; do presidente do PRTB, Freed Lustosa (PRTB); do vice-presidente do Avante, Bispo Guaracy; do deputado federal Tiago Andrino; da presidente do PSB de Palmas, Amanda Sobreira, e demais lideranças políticas que participaram do evento.

“Entrei para a política para ajudar a mudar a vida das pessoas. E só quero ser político enquanto eu tiver o respeito delas, e só existe uma forma de ser respeitado, é respeitando o povo, trabalhando de maneira séria, correta e responsável”, frisou Damaso.

Sobre os apoios recebidos, o pré-candidato fez questão de afirmar que “em momento nenhum houve negociação em troca de apoio. Nós temos um projeto de governo para o Estado e vamos levar para as ruas as nossas ideias, os nossos ideais, o que nós queremos para o Tocantins”. E a respeito dos demais pré-candidatos, o governador Damaso ressaltou que não vai “ficar falando mal dos concorrentes, o que eu tenho a falar é que o meu projeto é o melhor para o Tocantins e que sou o mais preparado para governar o nosso Estado”.