Palmas
30º
Araguaína
34º
Gurupi
32º
Porto Nacional
30º
SAÚDE PÚBLICA

Ministério atende pedido de Ricardo Ayres e implementa telemedicina em 86 municípios

11 julho 2024 - 09h07

Em um anúncio feito nesta terça-feira, 9, durante o Seminário Estadual Mais Saúde da Família e as Oficinas da eMulti no Tocantins, o secretário adjunto de Atenção Primária à Saúde, Jerzey Timoteo, confirmou que o Ministério da Saúde atendeu a um pedido do deputado federal Ricardo Ayres (Republicanos-TO) para implementar a telemedicina em 86 municípios do Tocantins. A medida levará o serviço a todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) desses municípios, que compõem as equipes multiprofissionais intermunicipais (eMulti). O investimento total para a implementação da telemedicina em todas as cidades será de R$ 1,3 milhão.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

De acordo com Ayres, a telemedicina representa um avanço na qualidade do atendimento à saúde, especialmente em áreas remotas ou com dificuldade de acesso a especialistas. “Entre os benefícios estão o acesso facilitado a especialistas, permitindo que pacientes consultem médicos de diferentes especialidades sem a necessidade de deslocamento. Isso reduzirá inclusive os custos com deslocamentos e internações desnecessárias, proporcionando uma resposta mais rápida em casos de emergência e melhor gerenciamento de pacientes crônicos”, explicou o deputado.

Desde o final de 2023, uma parceria entre o deputado federal Ricardo Ayres, o Ministério da Saúde e o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Tocantins (COSEMS) garantiu o pagamento de R$ 10 milhões para a implantação das equipes multiprofissionais na Atenção Primária à Saúde (eMulti) em dezenas de cidades. Essas equipes são compostas por profissionais de diferentes áreas do conhecimento, como médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas e fisioterapeutas, que trabalham de forma integrada para oferecer um atendimento mais completo e eficiente aos pacientes. A previsão é que até o fim de 2024 os municípios recebam a totalidade de R$ 20 milhões para a manutenção do programa.

Municípios beneficiados pela telemedicina
Os 86 municípios são: Aguiarnópolis, Almas, Aliança do Tocantins, Ananás, Angico, Aparecida do Rio Negro, Aragominas, Araguacema, Araguanã, Araguatins, Axixá, Babaçulândia, Barra do Ouro, Brejinho de Nazaré, Buriti do Tocantins, Cachoeirinha, Campos Lindos, Cariri do Tocantins, Carrasco Bonito, Caseara, Centenário, Chapada da Natividade, Crixás, Dianópolis, Dois Irmãos, Dueré, Esperantina, Filadélfia, Formoso do Araguaia, Goiatins, Gurupi, Ipueiras, Itacajá, Itaguatins, Jáu do Tocantins, Lagoa do Tocantins, Lizarda, Luzinópolis, Marianópolis, Mateiros, Monte do Carmo, Muricilândia, Natividade, Nazaré, Nova Rosalândia, Novo Acordo, Novo Jardim, Oliveira, Palmas, Palmeirópolis, Pedro Afonso, Peixe, Pindorama, Piraquê, Ponte Alta do Tocantins, Porto Alegre do Tocantins, Porto Nacional, Praia Norte, Recursolândia, Riachinho, Rio da Conceição, Rio Sono, Santa Fé do Araguaia, Santa Rita do Tocantins, Santa Rosa do Tocantins, Santa Tereza do Tocantins, Santa Terezinha, São Bento, São Salvador, São Sebastião do Tocantins, São Valério, Silvanópolis, Sítio Novo, Sucupira, Taipas, Talismã, Tocantinópolis, Tupírama, Wanderlândia, Xambioá.

*Assessoria