Menu
Busca domingo, 15 de setembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
37ºmax
23ºmin
ToledoFibra

Diretor de Jornalismo da Jaime Câmara defende-se das acusações da coligação “Força do Povo”

01 outubro 2010 - 16h54

Em resposta à nota enviada à redação do Portal O Norte pela coligação “Força do Povo” do governador e candidato à reeleição Carlos Gaguim (PMDB), o diretor de jornalismo das Organizações Jaime Câmara (OJC), Luiz Fernando Rocha Lima, conversou com nossa reportagem afirmando não ser uma surpresa esse tipo de situação acontecer num momento tenso dessa reta final de campanha “Nós temos experiência para lhe dar com esse tipo de questão” justifica-se Rocha Lima, lembrando das eleições que aconteceram em 2006 onde o assunto “Pesquisa de opinião” também teve grande repercussão no Estado envolvendo a OJC. “Há quatro anos ocorreu situação parecida, acontece que os personagens do momento estavam de outro lado. Muda-se de lado, muda o discurso, mas as palavras acabam sendo a mesma...”.

Rocha Lima falou da responsabilidade e compromisso com a informação num trabalho voltado para os interesses da sociedade não de um grupo específico. “O valor que damos de fato é à opinião pública que certamente sabe distinguir o que é verdade e o que é artifício eleitoral , estão infelizmente usando a marca de um instituto de credibilidade nacional e de uma empresa que há mais de 30 anos presta serviços para a região do Tocantins.”

João Maurício Roriz

Em nota, a assessoria de imprensa de Gaguim também afirma que um dos envolvidos na suposta compra da pesquisa está João Maurício Roriz, filho da diretora-geral da Jaime Câmara no Estado, Fátima Roriz e no que diz respeito a essa declaração da coligação, Rocha Lima defende-se dizendo que a linha de jornalismo da OJC não se envolve com essas questões. “Nós sabemos que o filho da Diretora é um profissional, um publicitário que trabalha na campanha de Siqueira, mas o jornalismo da empresa não se envolve com isso, o jornalismo tem uma linha e obedece a ela”. afirma.

Pesquisa Serpes

Quanto ao resultado da pesquisa de opinião encomendada pelo Jornal do Tocantins ao instituto Serpes, Rocha Lima diz que ele será divulgado amanhã. O prazo final para a coleta de dados da pesquisa termina hoje.

Rocha Lima finaliza a entrevista falando que esses movimentos são típicos da campanha de pessoas que se sentem prejudicadas por alguma situação real e que a Jaime Câmara não vai deixar de esclarecer o que é fato “A falta de respeito de alguns envolvidos com política relacionada à instituições é decorrente de um interesse contrariado que não cabe a nós atender de forma a desvirtuar a nossa principal finalidade que é o interesse da sociedade de estar informado” e ainda completa: “Isso aconteceu no passado e os fatos se encarregaram de esclarecer tudo e certamente isso vai acontecer de novo” diz. Rocha Lima

 

Ao Vivo